Nossa história: pescadores encontram canoa antiga no fundo do Rio Canoinhas

Compartilhe:
Uma canoa medindo 11 metros de comprimento e esculpida em madeira da espécie Imbuia, foi retirada do Rio Canoinhas por um grupo de pescadores, na tarde de sábado (12).
Mais do que um achado, é um pedaço de nossa história que foi resgatado. O valor é imensurável.

Canoa foi avistada com uma ponta para fora do leito  do Rio Canoinhas
Canoa foi avistada somente uma ponta para fora do leito
do Rio Canoinhas. Foto: Jonas Roque
A canoa foi avistada na localidade de Marcílio Dias, somente com uma parte visível.
Segundo os pescadores ela está bem preservada, somente com poucas rachaduras.
Estima-se que ela estava há anos no fundo do Rio, e só agora com o leito muito abaixo do normal por causa da estiagem, foi possível vê-la e retirá-la.

Canoa tem 11 metros de comprimento e foi esculpida em Imbuia. Foto: Jonas Roque
Os pescadores ainda não sabem que destino irão dar à canoa. O que se sabe é que deve ser preservada para as futuras gerações, pois é importante conhecermos,  compreendermos e preservamos nossa história.

Parabéns ao grupo que resgatou um grande valor histórico para nossa região: Sebastião Leite , Jonas, Antônio Spack, Mário, Luizinho, Ari, Leones, Edgar, Luciano e tantos outros que participaram desse momento.