Canoa centenária encontrada no Rio Canoinhas é levada para Marcílio Dias

A embarcação encontrada por um grupo de pescadores, que estava acampado na região da Barra do Canoinhas, próximo a Foz do Rio Negro, foi retirada do local e transportada com segurança pelo Rio Negro até a localidade de Taunay .
Posteriormente foi levada ao Clube Atlético Marcílio Dias, onde será tratada e provavelmente ficará em exposição.

Transporte sendo feito pelo Rio Negro/Reprodução
A embarcação, esculpida em madeira Imbuia e medindo 11 metros de comprimento foi encontrada no último dia 12, e retirada do leito do Rio Canoinhas com muito esforço, após três dias de trabalho.
Ela está bem preservada, somente com algumas rachaduras. Estima-se que ela tenha sido construída entre o final do século 19 e início do século 20.
Era um transporte utilizado na época para escoar produtos, como a erva mate, e retornar com mantimentos e mercadorias.



Imagens de Fátima Santos
O transporte da canoa foi efetuado no último domingo (20) e contou com a participação de Willian Seidel, Leone Spack, Irineu Padilha, Edgar Ferreira de Souza, Ari Ilário dos Santos, Mario Burzzi e Jonas Danilo Roque. A fotógrafa Fátima Santos fez o registro deste fato histórico.