Mãe que 'compartilhava filha com namorados' é condenada a 47 anos de prisão

COMPARTILHE
Criança foi abusada sexualmente quando tinha entre 4 e 7 anos de idade.
A 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC),  manteve a condenação de uma mulher e de dois homens por estupro de vulnerável, por fotografar e filmar os atos libidinosos e pela guarda do material. 

A mulher, que tem uma filha menor de 14 anos, compartilhava a criança com os "namorados" durante suas relações sexuais, na Grande Florianópolis.

O trio recebeu uma pena combinada de mais de 123 anos de prisão em regime fechado. A mãe, que deveria zelar pela segurança da menina, foi condenada a 47 anos, um mês e nove dias de reclusão. 

O primeiro namorado, que foi descoberto em uma rede social, pegou 38 anos, seis meses e 10 dias. Já o segundo homem, que confessou os atos libidinosos contra a criança em mensagens de celular, recebeu pena de 38 anos, 10 meses e 20 dias de prisão.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, a criança foi abusada de 2015 a 2019, entre os 4 e 7 anos de idade.

O esquema foi descoberto quando o ex-namorado comentou a situação e compartilhou imagens da mãe que abusava sexualmente da própria filha com um usuário de um site de relacionamentos. 

Com a prisão da mãe e do seu ex-namorado, o namorado atual tentou apagar as imagens do celular da mulher presa. Nesse mesmo período os abusos foram descobertos, assim como fotos e filmagens que incriminaram o trio.

Inconformados com a condenação pelo juízo de 1º grau, a mãe e os dois "namorados" recorreram ao TJSC. 

Basicamente, pleitearam a absolvição do crime de estupro de vulnerável porque o laudo pericial foi inconclusivo. 

Subsidiariamente, pediram a desclassificação para o crime de importunação sexual ou satisfação da lascívia na presença de criança ou adolescente. 

Também rogaram pela anulação do processo por cerceamento de defesa ou, alternativamente, a redução dos vetores de culpabilidade.

Os crimes foram comprovados pelo depoimento da vítima, aliado às provas obtidas nos celulares dos acusados. 
"Como se vê, as versões apresentadas pelos acusados estão isoladas nos autos e são pouco críveis, ao contrário dos relatos da vítima perante a psicóloga, da sua tia e do delegado de polícia, uníssonos e coerentes entre si, que associados ao teor das conversas entre os acusados - obtidas a partir da apreensão do celular de (nome da mãe) - são suficientes para confirmar a condenação", anotou o relator em seu voto, seguido de forma unânime pelos demais integrantes do colegiado. 
O processo tramita em segredo de justiça.
Nome

Acidente,76,Acidente na BR-280,45,Afogamento,4,Agricultura,14,Artigo de Opinião,1,Atropelamento,4,Auxílio Emergencial,11,BBB,1,Bela Vista do Toldo,23,Blumenau,1,BR-116,5,BR-280,1,Brasil,133,Busca e Resgate,1,Câmara dos Deputados,1,Campo Alegre,7,Canoinhas,596,Censura,1,Congresso Nacional,7,Coronavírus,295,Cotidiano,1,Crime,44,Crime Ambiental,4,Cultura,6,Curiosidades,12,Denúncia,2,Desaparecido,3,Destaque,172,Direito do Consumidor,4,Economia,98,Educação,108,Eleições,23,Emprego,11,Entretenimento,11,Estado é responsável,1,Estatísticas,1,Estiagem,1,Famosos,15,Fatalidade,1,Feminicídio,10,Fraude,2,Golpe,4,Homenagem,6,Humor,5,Incêndio,25,INSS,12,Inusitado,1,Irineópolis,18,Itaiópolis,24,Jaraguá do Sul,6,Joinville,26,Justiça,11,Leilão,1,Lockdown,1,Mafra,85,Mais do mesmo,1,Major Vieira,60,Manchete,51,Matos Costa,1,Mau tempo,1,Meio Ambiente,1,Memórias,10,Minas Gerais,2,Monte Castelo,10,Nossa história,22,Notícias,15,Notícias Internacionais,13,Novelas,3,Ocorrências Policiais,382,Pandemia,35,Papanduva,36,Paraná,74,Polêmica,2,Polícia Ambiental,14,Polícia Civil,44,Política,277,Porto União,30,Previsão do tempo,10,Redes Sociais,25,Regional,368,Rio Canoinhas,3,Rio Negrinho,8,Santa Catarina,620,Santa Cecília,9,São Bento do Sul,7,São Mateus do Sul,18,São Paulo,4,Saúde,85,SC-135,1,SC-418,3,SC-477,6,Segurança,6,Senado Federal,10,Sequestro,3,Solidariedade,29,Tecnologia,3,Telecomunicações,1,Temporal,11,Timbó Grande,4,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,5,Tragédia no sul catarinense,1,Trânsito,12,Três Barras,137,Turismo,1,União da Vitória,9,Utilidade Pública,18,Vacinação,38,Vale do Itajaí,1,Variedades,279,Verão,3,Violência contra mulher,19,
ltr
item
Canoinhas Online: Mãe que 'compartilhava filha com namorados' é condenada a 47 anos de prisão
Mãe que 'compartilhava filha com namorados' é condenada a 47 anos de prisão
Criança foi abusada sexualmente quando tinha entre 4 e 7 anos de idade.
https://1.bp.blogspot.com/-4Amw8x7drfM/YDV_2j6fNlI/AAAAAAAAn0Q/HMYsuZ_vneUmbn6_ab-hXT0purrbmZKvQCNcBGAsYHQ/s320/123164619_1062745490833320_2462662548556677624_n.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-4Amw8x7drfM/YDV_2j6fNlI/AAAAAAAAn0Q/HMYsuZ_vneUmbn6_ab-hXT0purrbmZKvQCNcBGAsYHQ/s72-c/123164619_1062745490833320_2462662548556677624_n.jpg
Canoinhas Online
https://www.canoinhasonline.com.br/2021/02/mae-que-compartilhava-filha-com.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2021/02/mae-que-compartilhava-filha-com.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregar todas as notícias Não encontrou nenhuma postagem Ver mais Continue lendo Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS PÁGINAS Ver mais RECOMMENDED FOR YOU Resultado para ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS NOTÍCIAS Não foi encontrada nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para página inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atras 1 hora atrás $$1$$ hora atrás Ontem $$1$$ dia atrás $$1$$ semana atrás mais de 5 semanas atrás Follow Este conteúdo é Premium Compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy