MP denuncia suposta organização criminosa que fraudava licitações no Porto de São Francisco do Sul

COMPARTILHE
O Porto de São Francisco do Sul é uma autarquia do Governo do Estado de Santa Catarina. Foto: Divulgação
O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou denúncia contra os integrantes de uma suposta organização criminosa que teria fraudado licitações para o controle de pragas animais no porto de São Francisco do Sul. 

Entre os denunciados estão dois empresários, dois diretores do porto e mais duas pessoas ligadas às empresas envolvidas.

Na segunda-feira (16/11), ao receber a denúncia, o Juízo da Vara Criminal da Comarca declarou que não incide sigilo sobre o processo e os documentos que o instruem, autorizando a divulgação do caso.

Na ação, o Promotor de Justiça Diogo Luiz Deschamps aponta que Diego Machado Enke e Sérgio Poliano Villarreal ocupavam os cargos de diretor-presidente e diretor de Operações e Logística, respectivamente, da sociedade SCPar Porto de São Francisco do Sul, empresa de economia mista responsável pelo porto.

Nessa condição, teriam contratado a empresa Alfa Imunização e Serviços sem licitação e em caráter emergencial para executar serviços de desinsetização, desratização, controle de larvas em coleções de águas paradas e controle da fauna sinantrópica nociva (pombos), que saberiam serem necessários há pelo menos cinco anos. 

Além disso, há indícios de favorecimento das empresas Alfa Imunização e Serviços e CRP Comércio de Papel de Transporte Ltda. em outros contratos com o porto, fatos que estão sendo investigados de forma mais aprofundada.

As empresas pertenciam aos empresários, Cristiano Panstein e seu pai, Silvestre Panstein - presidente e vice-presidente do diretório estadual de um partido político. 

Cristiano é o responsável legal pela CRP, e Silvestre - junto à companheira, Rosa Beatriz Bairros Rodrigues - seria o responsável de fato e de direito da Alfa Imunização - empresa que está em nome da irmã de Rosa, Maria Aparecida Bairros Rodrigues, que receberia um "salário" para ser "laranja" da empresa.

Juntas, as empresas teriam recebido irregularmente cerca de R$ 480 mil dos dois diretores do porto, que teriam agido motivados por vantagens indevidas de diversas naturezas, inclusive mediante suposto apoio político e financeiro, com trocas de influência para se manterem na administração portuária.

Os seis réus foram denunciados pelos crimes de fraude a licitação, e quatro deles - Silvestre Panstein, Maria Aparecida Bairros Rodrigues, Diego Machado Enke e Sérgio Poliano Villarreal - também por organização criminosa.

Pai e filho estão presos preventivamente desde o dia 29 de outubro, quando foi deflagrada a operação Pombo de Ouro, resultante de mais de cinco meses de investigação. 

Na sexta-feira (13/11), eles tiveram uma liminar em habeas corpus negada pelo Poder Judiciário. Com o recebimento da denúncia, os réus terão amplo direito à defesa e ao contraditório no curso da ação penal. 

Duas empresas pertencentes a líderes de um partido político, que estão presos preventivamente, receberam R$ 480 mil em pagamentos indevidos com auxílio de diretores do porto.

Nome

Acidente,59,Acidente na BR-280,66,Agressão,1,Agricultura,18,Artigo de Opinião,1,Auxílio Emergencial,4,Bela Vista do Toldo,46,Brasil,487,Campo Alegre,2,Canoinhas,1612,Censura,1,Coronavírus,321,Crime,33,Crime Ambiental,6,Cultura,49,Curiosidades,33,Denúncia,1,Destaque,128,Diversidades,4,Economia,191,Educação,151,Eleições,51,Emprego,9,Entretenimento,14,Esporte,29,Estado é responsável,1,Fake News,1,Famosos,14,Feminicídio,16,Frio,1,Golpe,2,Homenagem,15,Humor,5,Incêndio,20,Inusitado,1,Irineópolis,74,Itaiópolis,75,Jaraguá do Sul,5,Joinville,35,Leilão,1,Lockdown,1,Mafra,190,Mais do mesmo,1,Major Vieira,200,Manchete,908,Matos Costa,1,Memórias,10,Minas Gerais,2,Monte Castelo,38,Nossa história,23,Notícias,5,Notícias Internacionais,70,Ocorrências Policiais,816,Papanduva,130,Paraná,310,Polícia Ambiental,104,Polícia Civil,76,Política,735,Porto União,173,Previsão do tempo,165,Redes Sociais,31,Regional,1733,Rio Canoinhas,22,Rio Grande do Sul,40,Rio Negrinho,91,Santa Catarina,1623,Santa Cecília,19,São Bento do Sul,65,São Mateus do Sul,50,São Paulo,2,Saúde,277,Segurança,1,Sério isso?,1,Solidariedade,53,Tecnologia,2,Timbó Grande,16,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,10,Tragédia no sul catarinense,1,Trânsito,3,Três Barras,606,União da Vitória,50,Utilidade Pública,334,Variedades,1133,Violência contra mulher,31,
ltr
item
Canoinhas Online: MP denuncia suposta organização criminosa que fraudava licitações no Porto de São Francisco do Sul
MP denuncia suposta organização criminosa que fraudava licitações no Porto de São Francisco do Sul
https://1.bp.blogspot.com/-zV5ayYjIukk/X7SKbxjpBnI/AAAAAAAAki8/QMenh_OK7SMY-NJGIKzoMO3D5SGYFk_OQCNcBGAsYHQ/s320/porto_sfs_scpar.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-zV5ayYjIukk/X7SKbxjpBnI/AAAAAAAAki8/QMenh_OK7SMY-NJGIKzoMO3D5SGYFk_OQCNcBGAsYHQ/s72-c/porto_sfs_scpar.jpg
Canoinhas Online
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/11/mp-denuncia-suposta-organizacao.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/11/mp-denuncia-suposta-organizacao.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregar todas as notícias Não encontrou nenhuma postagem Ver mais Continue lendo Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS PÁGINAS Ver mais RECOMMENDED FOR YOU Resultado para ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS NOTÍCIAS Não foi encontrada nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para página inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atras 1 hora atrás $$1$$ hora atrás Ontem $$1$$ dia atrás $$1$$ semana atrás mais de 5 semanas atrás Follow Este conteúdo é Premium Compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy