Taxa de desocupação em Santa Catarina foi de 8,4% em julho

COMPARTILHE
Foto: Ricardo Wolffenbuttel
ASCOM — Santa Catarina mantém a menor taxa de desocupação e também obteve o menor percentual de pessoas ocupadas na informalidade do país. 

Os dados de julho, divulgados nesta quinta-feira (20),  pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que o estado continua com índices acima da média nacional e a força da retomada econômica catarinense.
“A economia catarinense tem reagido ao longo dos últimos meses e vai se confirmando o quadro de retomada em diversos setores. Isso inclui a indústria, agronegócio, comércio e serviços. O menor índice de desocupação do Brasil vem consolidar esse avanço frente à crise, já que tem relação direta com a geração de postos de trabalho”, reforçou o governador Carlos Moisés.
Segundo a PNAD COVID19 mensal, a taxa de desocupação em Santa Catarina no mês de julho foi de 8,4%, enquanto a do Brasil ficou em 13,1%. 

Em relação a junho, a desocupação em Santa Catarina teve ainda um recuo de 0,2 pontos percentuais (8,6%). Em contrapartida, a média nacional teve um aumento de 0,7 pontos percentuais (12,4%) no período. 

Os vizinhos Paraná e Rio Grande do Sul registram, respectivamente,11,7% e 10% de taxa de desocupação em julho.

Em relação a pessoas ocupadas na informalidade, Santa Catarina também obteve o menor percentual entre os estados, com 20,1%. 

No cenário nacional, o índice foi de 33,6%. Em relação a junho, o estado também apresentou queda de 0.5 pontos percentuais (20.6%). Isso significa que em julho o estado registrou 18 mil trabalhadores a menos na informalidade na comparação com o mês anterior.

Foram consideradas na pesquisa como pessoas ocupadas na informalidade, aquelas empregadas do setor privado ou trabalhador doméstico sem carteira assinada, empregador e trabalhador que operam por conta própria e que não contribuem para o INSS e trabalhador não remunerado em ajuda a morador do domicílio ou parente.

Para o economista da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável Paulo Zoldan, os dados mostram a dinâmica da retomada econômica de Santa Catarina. 
“Observamos que houve uma desaceleração na taxa de desocupação que passou de 8,6% para 8,4% entre junho e julho, enquanto no Brasil a taxa cresceu e passou de 12,4% para 13,1%. Foi uma ligeira queda, mas um aspecto positivo desse processo de retomada. Os resultados da informalidade também foram positivos, então temos mais um indicador que vem consolidando essa tendência observada em vários setores de retomada da atividade econômica”.
Rendimento médio

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD-Covid 19) também apontou que a proporção de domicílios que receberam algum auxílio emergencial passou de 43% em junho para 44,1% em julho, com valor médio de benefício em R$ 896. 

Santa Catarina está entre os estados onde menos de 50% da população é beneficiária de programas de auxílio emergencial.

O rendimento médio real domiciliar per capita efetivamente recebido em julho foi de R$ 1.271, ou seja, 2,9% acima do valor de junho (R$1.236). As regiões Nordeste e Norte apresentaram os menores valores, R$ 899 e R$ 903, respectivamente.
Nome

Acidente,38,Acidente na BR-280,63,Agressão,1,Agricultura,16,Auxílio Emergencial,4,Bela Vista do Toldo,44,Brasil,468,Campo Alegre,2,Canoinhas,1535,Censura,1,Coronavírus,288,Crime,22,Crime Ambiental,5,Cultura,49,Curiosidades,32,Denúncia,1,Destaque,75,Diversidades,4,Economia,180,Educação,142,Eleições,17,Emprego,5,Entretenimento,14,Esporte,28,Estado é responsável,1,Fake News,1,Famosos,12,Feminicídio,15,Frio,1,Golpe,2,Homenagem,15,Humor,5,Incêndio,12,Inusitado,1,Irineópolis,74,Itaiópolis,75,Jaraguá do Sul,3,Joinville,34,Leilão,1,Lockdown,1,Mafra,180,Mais do mesmo,1,Major Vieira,195,Manchete,908,Matos Costa,1,Memórias,10,Minas Gerais,2,Monte Castelo,36,Nossa história,23,Notícias Internacionais,69,Ocorrências Policiais,782,Papanduva,121,Paraná,300,Polícia Ambiental,101,Polícia Civil,72,Política,707,Porto União,167,Previsão do tempo,161,Redes Sociais,30,regio,1,Regional,1703,Rio Canoinhas,20,Rio Grande do Sul,40,Rio Negrinho,86,Santa Catarina,1504,Santa Cecília,19,São Bento do Sul,62,São Mateus do Sul,49,Saúde,271,Segurança,1,Sério isso?,1,Solidariedade,52,Tecnologia,1,Timbó Grande,15,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,10,Tragédia no sul catarinense,1,Trânsito,2,Três Barras,592,União da Vitória,50,Utilidade Pública,332,Variedades,1089,Violência contra mulher,27,
ltr
item
Canoinhas Online: Taxa de desocupação em Santa Catarina foi de 8,4% em julho
Taxa de desocupação em Santa Catarina foi de 8,4% em julho
No Brasil, a média ficou em 13,1%.
https://1.bp.blogspot.com/-5I4s3vFF-vY/Xz8VGQRNX4I/AAAAAAAAhoI/QlM23poziHwxMcFWDDh3YQXZKrLu5CjcwCNcBGAsYHQ/s320/emprego.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-5I4s3vFF-vY/Xz8VGQRNX4I/AAAAAAAAhoI/QlM23poziHwxMcFWDDh3YQXZKrLu5CjcwCNcBGAsYHQ/s72-c/emprego.jpg
Canoinhas Online
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/08/taxa-de-desocupacao-em-santa-catarina.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/08/taxa-de-desocupacao-em-santa-catarina.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregar todas as notícias Not found any posts Ver mais Continue lendo Reply Cancel reply Delete Por Home PÁGINAS PÁGINAS Ver mais RECOMMENDED FOR YOU Resultado para ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS NOTÍCIAS Not found any post match with your request Back Home Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atras 1 hora atrás $$1$$ hora atrás Ontem $$1$$ dia atrás $$1$$ semana atrás mais de 5 semanas atrás Follow Este conteúdo é Premium Compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy