Grid

GRID_STYLE
FALSE

Archive Pages Design$type=blogging$count=7

TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Vereadores fiscalizam gastos da prefeitura de Canoinhas no combate a pandemia

Dois requerimentos aprovados na sessão de terça-feira (11), na Câmara de Canoinhas, foram relacionados aos gastos do Poder Executivo para ...

Dois requerimentos aprovados na sessão de terça-feira (11), na Câmara de Canoinhas, foram relacionados aos gastos do Poder Executivo para o combate ao novo Coronavírus.

Um solicita relatório com todos os investimentos realizados até agora, já o outro requerimento é sobre as contratações por meio de Dispensa de Licitação. Ambos foram direcionados ao prefeito Beto Passos e ao Secretário de Administração, Diogo Carlos Seidel.

De autoria de toda edilidade, um dos requerimentos solicita que sejam encaminhados aos vereadores cópia de relatório dos gastos ocorridos por parte da Prefeitura Municipal, desde o início da pandemia do Covid-19. 

No texto do requerimento, os vereadores solicitam o mesmo relatório que o município entregou ao Ministério Público de Santa Catarina, conforme anunciado em live do executivo no dia 11 de maio.

O outro requerimento solicita informações de quantas contratações o município realizou ao longo deste ano, na modalidade de Dispensa de Licitação, o texto ainda questiona quais as empresas foram contratadas e quais os valores pagos. 

O vereador Coronel Mário comentou que conversou com o secretário de Administração, pois no Portal da Transparência da prefeitura não está se conseguindo consultar informações com relação as contratações.

No Portal da Transparência, eu até questionei o secretário, não está muito claro essa questão das dispensas de licitações, dos contratos e dos valores. Precisamos ter essas informações de uma maneira mais concreta”, finalizou o vereador.

Presidente da Casa, vereador Paulinho Basilio, também comentou a respeito dos requerimentos, e lembrou ao vereador Coronel Mário que muitas pessoas também têm comentado sobre essa dificuldade de acessar informações no Portal da Transparência. 

Não é a primeira pessoa que eu ouço dizendo que às vezes as coisas no Portal da Transparência não são achadas tão facilmente. Então, nada melhor do que a gente oficializar e receber esses documentos aqui na Câmara, para que possamos fazer a devida fiscalização”, afirmou Paulinho Basilio.