Três Barras: leito seco do Rio Negro revela fósseis de 280 milhões de anos

COMPARTILHE
Foto: Carlos Eduardo Fiolek - Coordenador do Museu Municipal de Três Barras
A seca que assola Santa Catarina fez aparecer no leito do Rio Negro, em Três Barras, rochas com fósseis de uma espécie de réptil marinho, conhecida como Mesossauro.

A descoberta foi realizada por Carlos Eduardo Fiolek, coordenador do Museu Municipal de Três Barras, que acionou os pesquisadores do Centro Paleontólogico (Cenpaleo) da Universidade do Contestado (UnC) de Mafra, que foram até o local para coletar amostras e fazer a identificação do achado.
Espécie viveu há aproximadamente 280 milhões de anos, sendo mais antiga que os dinossauros, diz pesquisador. Foto: Cenpaleo/ Reprodução

Foto: Cenpaleo/ Reprodução

Segundo o paleontólogo Luiz Carlos Weinschütz, coordenador do Cenpaleo, o achado foi possível porque o nível de água do Rio Negro sofreu rebaixamento como efeito da grande seca no Estado, expondo leitos rochosos que por muito tempo ficaram cobertos, nas margens do rio.

Neles foram encontrados os fósseis, identificados inicialmente por Carlos Eduardo Fiolek.
Foto: Carlos Eduardo Fiolek 
Os pesquisadores do Cenpaleo reconheceram nas rochas várias estruturas que são referentes a antigos répteis que viveram na região há cerca de 280 milhões de anos, os chamados mesossauros.

— Embora tenha esse nome ele não tem nada a ver com os dinossauros. Ele é até mais antigo que os dinossauros — explicou Weinschütz.

— Embora estejamos vivenciando este momento de seca, que é difícil, isso é muito importante para as descobertas da história antiga da região — afirmou.
Arte mostra como seria o mesossauro encontrado em Santa Catarina. Foto: Cenpaleo/ Reprodução

Os fósseis coletados serão preparados no Cenpaleo, em Mafra. Depois, parte desse material coletado será disponibilizado para o Museu de Três Barras, para que a comunidade local tenha a oportunidade de conhecê-los. Nada mais justo, visto que foi um morador de Três Barras que fez a descoberta.

CURIOSIDADES SOBRE OS MESOSSAUROS

Viveram há aproximadamente 280 milhões de anos, portanto, bem antes dos dinossauros (230 a 65 milhões de anos);

Quando estes répteis estavam vivos, a América do Sul ainda estava ligada a África, Antártica, Índia e Austrália formando o continente Gondwana (Parte sul do Pangéia);

Tinham hábito aquático, mediam até 1m de comprimento, e viviam em grandes lagos de água salobra a salgada e provavelmente se alimentavam de pequenos crustáceos;

A rocha onde estão estes fósseis é definida como um folhelho oleígeno, popularmente chamado de xisto betuminoso.

Assista ao vídeo com a descoberta, feita pela equipe do Centro Paleontológico da Universidade do Contestado

Nome

Acidente,95,Acidente na BR-280,80,Afogamento,3,Agressão,1,Agricultura,19,Artigo de Opinião,1,Atropelamento,2,Auxílio Emergencial,6,Bela Vista do Toldo,50,BR-101,1,BR-116,1,BR-470,1,brasi,1,Brasil,532,Busca e Resgate,1,Câmara dos Deputados,1,Campo Alegre,6,Canoinhas,1694,Censura,1,Congresso Nacional,7,Coronavírus,426,Cotidiano,2,Crime,42,Crime Ambiental,6,Cultura,50,Curiosidades,33,Denúncia,1,Desaparecido,3,Destaque,190,Direito do Consumidor,3,Diversidades,4,Economia,207,Educação,165,Eleições,52,Emprego,10,Entretenimento,14,Esporte,29,Estado é responsável,1,Estatísticas,1,Estiagem,2,Fake News,1,Famosos,17,Fatalidade,1,Feminicídio,20,Fraude,1,Frio,1,Golpe,3,Homenagem,16,Humor,5,Incêndio,27,Inusitado,1,Irineópolis,78,Itaiópolis,76,Jaraguá do Sul,5,Joinville,38,Justiça,4,Leilão,1,Lockdown,1,Mafra,198,Mais do mesmo,1,Major Vieira,205,Manchete,908,Matos Costa,1,Maus tratos,1,Meio Ambiente,1,Memórias,11,Minas Gerais,2,Monte Castelo,41,Nossa história,25,Notícias,17,Notícias Internacionais,74,Ocorrências Policiais,868,Papanduva,138,Paraná,327,Polêmica,1,Polícia Ambiental,106,Polícia Civil,79,Política,766,Porto União,184,Previsão do tempo,169,Redes Sociais,33,Regional,1740,Rio Canoinhas,23,Rio Grande do Sul,41,Rio Negrinho,95,Santa Catarina,1760,Santa Cecília,19,São Bento do Sul,69,São Mateus do Sul,51,São Paulo,3,Saúde,283,SC-135,1,SC-418,1,SC-477,2,Segurança,5,Senado Federal,4,Sequestro,4,Sério isso?,1,Solidariedade,54,Tecnologia,3,Temporal,13,Timbó Grande,16,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,10,Tragédia no sul catarinense,1,Trânsito,9,Três Barras,640,Turismo,1,União da Vitória,51,Utilidade Pública,338,Vale do Itajaí,1,Variedades,1225,Verão,3,Violência contra mulher,33,
ltr
item
Canoinhas Online: Três Barras: leito seco do Rio Negro revela fósseis de 280 milhões de anos
Três Barras: leito seco do Rio Negro revela fósseis de 280 milhões de anos
Parte desse material coletado será disponibilizado para o Museu de Três Barras, para que a comunidade tenha a oportunidade de conhecê-los.
https://1.bp.blogspot.com/-DHURvBUMIiY/XsRdorUfMOI/AAAAAAAAeeA/Guy3PCkLzgkKK5Cf4ZOlu0-d--XbG7HKQCNcBGAsYHQ/s1600/fosseis.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-DHURvBUMIiY/XsRdorUfMOI/AAAAAAAAeeA/Guy3PCkLzgkKK5Cf4ZOlu0-d--XbG7HKQCNcBGAsYHQ/s72-c/fosseis.jpg
Canoinhas Online
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/05/tres-barras-leito-seco-do-rio-negro.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/05/tres-barras-leito-seco-do-rio-negro.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregar todas as notícias Não encontrou nenhuma postagem Ver mais Continue lendo Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS PÁGINAS Ver mais RECOMMENDED FOR YOU Resultado para ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS NOTÍCIAS Não foi encontrada nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para página inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atras 1 hora atrás $$1$$ hora atrás Ontem $$1$$ dia atrás $$1$$ semana atrás mais de 5 semanas atrás Follow Este conteúdo é Premium Compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy