Grid

GRID_STYLE
FALSE
TRUE
Textual description of firstImageUrl

Vítima de violência, mulher denuncia marido por porte ilegal de arma de fogo em Irineópolis

Na tarde de sábado (16), a guarnição do PPT de Porto Uniao,  juntamente com guarnição Policial Militar da área, deslocaram-se para o muni...


Na tarde de sábado (16), a guarnição do PPT de Porto Uniao,  juntamente com guarnição Policial Militar da área, deslocaram-se para o município de Irineópolis, para averiguar uma situação de violência doméstica onde autor teria uma arma de fogo em casa.

Na base policial de Irineópolis onde estava a solicitante, a mesma relatou que seu marido havia saído e voltou embriagado.

Como sempre é muito agressivo e tem arma de fogo, saiu correndo da casa para pedir ajuda, pois se sentiu ameaçada. 

Os policiais deslocaram-se para a residência informada, onde ao chegar no cômodo (quarto), foi observado o homem dormindo e atrás da porta duas espingardas: uma de calibre 22 com silenciador e luneta e outra espingarda de pressão calibre 6mm.

Ao ser acordado, disse ser o dono das armas e que a munição estava em cima do guarda roupa, sendo encontrado dois carregadores de capacidade 9 munições, e uma caixa com as munições calibre 22, totalizando 33 unidades. 

Também ao questionar sobre registro e nota das armas este disse não ter e a espingarda calibre 22 marca CBC está com a numeração suprimida. 

Diante dos fatos foi dado voz de prisão pelo crime de Porte ilegal de arma de fogo e conduzido as partes para delegacia de Polícia Civil de Porto União para procedimentos.