Grid

GRID_STYLE
FALSE
TRUE
Textual description of firstImageUrl

Encontrado em uma kitnet em Canoinhas, vereador é preso acusado de assassinato no Paraná

Vereador de Ivaí´, Luisir Lobacz estava foragido, segundo a Polícia Civil — Foto: RPC Ponta Grossa/Reprodução O vereador cassado de Ivaí...

Vereador de Ivaí´, Luisir Lobacz estava foragido, segundo a Polícia Civil — Foto: RPC Ponta Grossa/Reprodução

O vereador cassado de Ivaí, na região dos Campos Gerais do Paraná, Luisir Lobacz foi preso na tarde desta sexta-feira (8) em Canoinhas, segundo a Polícia Civil. Ele é acusado de ter matado um empresário a facadas, no fim de janeiro.

Câmeras de segurança registraram o momento em que Luisir chega no supermercado e esfaqueia a vítima, Everaldo Manfron.  Segundo familiares do empresário, ele e o vereador se desentenderam horas antes.

O empresário foi atingido na região do tórax e dos braços e socorrido por funcionários e familiares. Ele foi levado para um hospital de Ivaí e, depois, transferido para Ponta Grossa em estado gravíssimo.

A vítima passou por uma cirurgia e foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não resistiu aos ferimentos.

PRISÃO

Segundo a Polícia Civil, Lobacz estava em uma kitnet localizada na área central de Canoinhas, junto com a esposa. A prisão aconteceu após uma ação conjunta de policiais civis do Paraná e de Santa Catarina.

O delegado que acompanha o caso, Luis Gustavo Timossi, disse que a polícia recebeu uma informação, na quinta-feira (7), de que o acusado estaria em Santa Catarina.

"Desde que aconteceu o crime continuamos investigando. Fizemos diversas diligências, inclusive em mais de um estado da federação, visando cumprir o mandado de prisão contra o Luisir", disse.

Após a prisão, Lobacz foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas. A Polícia Civil informou que o acusado será ouvido ainda na noite desta sexta-feira, em Ponta Grossa.

O vereador cassado era considerado foragido desde o fim de janeiro, quando a Justiça expediu um mandado de prisão.