STF decide que governadores e prefeitos podem determinar fechamento de comércio, durante pandemia

COMPARTILHE
Estados e municípios poderão definir os serviços essenciais que podem funcionar durante o período da pandemia. 
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (15) que estados e municípios podem tomar as medidas que acharem necessárias para combater o novo coronavírus, como isolamento social, fechamento do comércio e outras restrições.

Com a decisão, os governadores e prefeitos poderão definir os serviços essenciais que podem funcionar durante o período da pandemia.

Por maioria de votos, o plenário referendou liminar proferida no mês passado pelo ministro Marco Aurélio, relator do caso, considerando que os governos federal, estadual e municipal têm competência concorrente para estabelecer medidas na área da Saúde.

O caso foi julgado pelo Supremo a partir de uma ação protocolada pelo PDT. O partido alegou que a Medida Provisória (MP) 926/2020, editada pelo presidente Jair Bolsonaro, é inconstitucional. 

Pelo texto da norma editada por Bolsonaro, estados e municípios dependeriam do aval de legislação federal para estabelecer as medidas. 

VOTOS

No início da sessão, o ministro Marco Aurélio reafirmou seu voto e disse que a Constituição definiu que a União, os estados e muncípios podem editar medidas em defesa da saúde e sem o aval da União.

Em seguida, Alexandre de Moraes afirmou que os governos federal, estadual e municipal devem atuar de forma coordenada para reduzir os efeitos da pandemia, mas dentro de suas competências.

De acordo com Moraes, um governador não pode determinar o fechamento de um aeroporto internacional, gerido pela União, ou de rodovias essenciais ao abastecimento, e o governo federal não estabelecer medidas para fechar bares e restaurantes locais, por exemplo.

“A gravidade da crise não permite o desrespeito da Constituição. Na crise é que as normas constitucionais devem ser ser respeitadas, na crise é que a Constituição guia aos lideres políticos para que ajam com integração”, disse.

O entendimento também foi seguido pelos ministros Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lucia, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e o presidente da Corte, Dias Toffoli.

Durante o julgamento, o advogado-geral da União, André Mendonça, disse que o país não vive somente uma crise de saúde, mas uma crise interdisciplinar que afeta várias áreas.

Segundo Mendonça, as recomendações sanitárias do Ministério da Saúde para enfrentamento à covid-19 devem ser seguidas, mas decisões isoladas de estados e municípios, fechando estradas e proibindo a exploração de petróleo, por exemplo, provocaram o caos e afetaram os serviços essenciais.

FONTE: AGÊNCIA BRASIL
Nome

Acidente,61,Acidente na BR-280,66,Agressão,1,Agricultura,18,Artigo de Opinião,1,Auxílio Emergencial,4,Bela Vista do Toldo,46,Brasil,490,Campo Alegre,2,Canoinhas,1614,Censura,1,Coronavírus,324,Crime,34,Crime Ambiental,6,Cultura,49,Curiosidades,33,Denúncia,1,Destaque,137,Diversidades,4,Economia,191,Educação,151,Eleições,52,Emprego,9,Entretenimento,14,Esporte,29,Estado é responsável,1,Fake News,1,Famosos,14,Feminicídio,16,Frio,1,Golpe,2,Homenagem,15,Humor,5,Incêndio,20,Inusitado,1,Irineópolis,74,Itaiópolis,75,Jaraguá do Sul,5,Joinville,35,Leilão,1,Lockdown,1,Mafra,190,Mais do mesmo,1,Major Vieira,200,Manchete,908,Matos Costa,1,Memórias,10,Minas Gerais,2,Monte Castelo,38,Nossa história,23,Notícias,5,Notícias Internacionais,70,Ocorrências Policiais,816,Papanduva,131,Paraná,311,Polícia Ambiental,104,Polícia Civil,76,Política,735,Porto União,173,Previsão do tempo,166,Redes Sociais,31,Regional,1733,Rio Canoinhas,22,Rio Grande do Sul,40,Rio Negrinho,91,Santa Catarina,1627,Santa Cecília,19,São Bento do Sul,65,São Mateus do Sul,50,São Paulo,2,Saúde,277,Segurança,1,Sério isso?,1,Solidariedade,53,Tecnologia,2,Timbó Grande,16,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,10,Tragédia no sul catarinense,1,Trânsito,3,Três Barras,606,União da Vitória,50,Utilidade Pública,334,Variedades,1134,Violência contra mulher,31,
ltr
item
Canoinhas Online: STF decide que governadores e prefeitos podem determinar fechamento de comércio, durante pandemia
STF decide que governadores e prefeitos podem determinar fechamento de comércio, durante pandemia
Estados e municípios poderão definir os serviços essenciais que podem funcionar durante o período da pandemia.
https://1.bp.blogspot.com/-HJIZHr7m8m4/XpgF5Ojd6BI/AAAAAAAAdgI/O2n7O_DYXHgGVsLAclHA86-H9biwVjAzgCNcBGAsYHQ/s320/SupremoTribunalFederal.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-HJIZHr7m8m4/XpgF5Ojd6BI/AAAAAAAAdgI/O2n7O_DYXHgGVsLAclHA86-H9biwVjAzgCNcBGAsYHQ/s72-c/SupremoTribunalFederal.jpg
Canoinhas Online
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/04/stf-decide-que-governadores-e-prefeitos.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/04/stf-decide-que-governadores-e-prefeitos.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregar todas as notícias Não encontrou nenhuma postagem Ver mais Continue lendo Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS PÁGINAS Ver mais RECOMMENDED FOR YOU Resultado para ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS NOTÍCIAS Não foi encontrada nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para página inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atras 1 hora atrás $$1$$ hora atrás Ontem $$1$$ dia atrás $$1$$ semana atrás mais de 5 semanas atrás Follow Este conteúdo é Premium Compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy