Grid

GRID_STYLE
FALSE

Archive Pages Design$type=blogging$count=7

TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Secretária de Saúde de Canoinhas responde questionamentos de vereadores

A sessão aconteceu por meio de videoconferência, como está sendo realizada desde os primeiros decretos estaduais de isolamento social. C...

A sessão aconteceu por meio de videoconferência, como está sendo realizada desde os primeiros decretos estaduais de isolamento social.
Com o objetivo de saber o que o poder executivo municipal está fazendo para o combate ao Covid-19, os vereadores convidaram a secretária de saúde, Kátia Oliskowski, para participar da sessão de segunda-feira (20),

Kátia respondeu diversos questionamentos e pontuou os trabalhos que estão sendo desenvolvidos atualmente no município. 

Wilmar Sudoski perguntou sobre os serviços prestados pela saúde como consultas, cirurgias eletivas e exames. A secretária comentou que está sendo seguido o decreto estadual, que cancela os atendimentos e cirurgias eletivas, que tem o objetivo de que os pacientes fiquem em casa, e assim possam ter leitos de UTI disponíveis. 

Kátia frisou ainda que há alguns atendimentos que não pararam como hemodiálises, tratamento de oncologia, e algumas cirurgias de baixo risco. “Nem tudo está absolutamente parado”, afirmou.

O vereador Coronel Mário comentou da importância dos profissionais da saúde que estão na linha de frente de todo o trabalho, e lembrou das pessoas que estão sendo curadas do Covid-19. O vereador perguntou se os números que se vê sendo ventilados de mais de 1 milhão de mortes no Brasil é uma realidade ou apenas suposições. 

Conforme a secretária o isolamento social, os cuidados com a higiene e os investimentos na saúde pública tem o objetivo de não chegar a números altos de mortes, mas é difícil prever em números como será a pandemia no Brasil. 
Não estamos livres, talvez não com essa proporção, com esses números tão grandes - comentou.

Zenici Dreher ressaltou a importância de ter profissionais técnicos à frente da secretaria de Saúde, que conheça o andamento da pasta. 

A vereadora também ressaltou o trabalho que está sendo realizado pelos profissionais da saúde que estão diretamente em contato com a população. 

Norma Pereira questionou quanto o Hospital Santa Cruz irá receber do valor de R$800 mil vindo do Fundo Nacional da Saúde, a secretária informou que o Hospital não ficará desassistido em momento algum, e que o recurso vindo é exclusivo para o combate ao Covid-19. 

Todo o valor será destinado aos trabalhos que estão sendo realizado em razão da pandemia como exames, custeio, equipamentos, etc.

Paulo Glinski lembrou que o Hospital sempre foi ajudado tanto pela atual administração quanto por anteriores. 

Além dessa pandemia, aqui também estamos vivendo um momento pré-eleitoral. E a gente acaba escutando pessoas dizendo: o que está sendo realizado pelo Hospital? O Hospital está abandonado? Quero dizer que em Canoinhas, através da Câmara de Vereadores, o executivo municipal nesta atual administração e nas anteriores, sempre colaborou efetivamente com o Hospital Santa Cruz. Não é somente agora que está sendo ajudado, isso vem de bastante tempo - afirmou Glinski.

O vereador Célio Galeski perguntou a secretária sobre o funcionamento dos postos de saúde nas localidades interioranas do município, se estão abertas, ou mesmo quando deverá voltar o atendimento. 

A secretária informou que as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do interior continuam em funcionamento, e a unidade central está aberta, e também atende a população interiorana, mas ressaltou que os atendimentos são apenas de urgência e emergência, não de forma eletiva.
Vereador Paulinho Basilio, lembrou sobre o uso das máscaras que vem aumentando no município, apesar de muitas pessoas ainda não estarem utilizando. 

Questionou a secretária sobre a compra de 100 mil máscaras que o município irá realizar, e como será a entrega desses equipamentos à população. 

A secretária comentou que ainda não há especificamente formalizado como se dará essa entrega, mas que isso já está sendo discutindo em conjunto com a secretaria de Assistência Social. 

Outro questionamento do presidente foi a respeito dos Food Trucks que foram liberados para funcionamento, se eles já estão autorizados a colocarem mesas para o consumo no local. 

A secretária informou que todos devem ter bom senso neste momento, que eles já podem colocar as mesas, mas devem tomar todos os cuidados necessários.

ASCOM