Grid

GRID_STYLE
FALSE

Archive Pages Design$type=blogging$count=7

TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Homem é preso por matar desafeto e tentativa de feminicídio em Três Barras

Autor do homicídio foi preso na madrugada desta segunda (20), em uma propriedade rural. Foto: Rocam/Facebook/Reprodução Um homem morreu ...

Autor do homicídio foi preso na madrugada desta segunda (20), em uma propriedade rural. Foto: Rocam/Facebook/Reprodução
Um homem morreu vítima de esfaqueamento, e uma mulher conseguiu sobreviver porque se fingiu de morta, na noite de domingo (19), em Três Barras, de acordo com a Polícia Militar.

Por volta das 11h30, a PM recebeu uma denúncia de homicídio, ocorrido na Rua Roberto Olsen, na área central do município. No local foi encontrada a vítima, caída no interior da residência.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou que a vítima estava com ferimentos no tórax, causados por arma branca (faca/facão), com hemorragia e ausência total de sinais vitais, sendo então acionado o Instituto Geral de Perícias (IGP).

O filho da vítima relatou aos policiais que um homem bateu na porta chamando por seu pai, e quando este atendeu, foi esfaqueado. O autor fugiu em seguida, em uma moto Honda Bros vermelha.

Enquanto a guarnição atendia essa ocorrência, foi informada que havia acontecido outro esfaqueamento, no bairro Vila Nova.

Neste outro local, o irmão da vítima informou que um homem chegou na residência e tentou esfaquear sua irmã.

A vítima relatou que segurou a faca e o autor então passou a agredi-la com chutes, só parando porque ela estava sangrando muito e se fingiu de morta.

De acordo com a PM, a descrição feita do agressor batia com as características do autor do homicídio acontecido pouco antes na Rua Roberto Olsen.

A Guarnição ROCAM em apoio a guarnição de Três Barras e Agência de Inteligência, deslocou-se então no encalço do autor de homícidio contra um desafeto e tentativa de feminicidio contra sua amásia.

Foto: Rocam/Reprodução

Após buscas, ele foi localizado escondido em propriedade rural, às margens da BR-280, onde trabalhava como chacreiro.

De acordo com os policiais, após ser abordado, o autor reagiu e tentou investir contra a guarnição, sendo utilizado das técnicas policiais e imobilizado o mesmo.

Na residência também foram encontradas quatro munições calibre 12 intactas, duas munições calibre 28 intactas e três estojos calibre 32.

A motocicleta utilizada na fuga não foi localizada, porém o filho da vítima reconheceu o homem como sendo o autor das facadas contra o pai, e a vítima do feminicídio também confirmou ser ele o autor da tentativa de esfaqueamento.

O autor recebeu voz de prisão por homicídio doloso e tentativa de feminicídio, sendo conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

A vítima foi identificada como Paulo Sérgio Ignasvwski, de 49 anos.