Gripe espanhola: há mais de 100 anos, vírus matou cerca de 50 milhões de pessoas pelo mundo

COMPARTILHE

Gripe espanhola em 1918: as pessoas morriam pouco depois de chegar aos hospitais. Foto: web
102 anos da mãe das pandemias: o vírus influenza causou a epidemia mais mortal da história — foram milhões de vítimas. Será que a história vai se repetir?

Na primavera de 1918, uma doença começou a varrer o planeta: um vírus letal que infectou um terço da população mundial.

Tão misteriosa quanto a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus - pandemia que hoje desafia as autoridades de saúde -, a gripe espanhola infectou 500 milhões de pessoas, cerca de um quarto da população mundial na época, o que levou à classificação de maior pandemia de todos os tempos.

Estima-se que o número de mortos esteja entre 17 milhões a 50 milhões. Só no Brasil foram cerca de 30 mil mortes.

A gripe espanhola se espalhou pelo mundo de forma mais lenta, especialmente
por meio de navios e trens de passageiros.  Alguns lugares
permaneceram meses ou até mesmo anos sem serem afetados.
Mas aqueles que conseguiram manter a gripe afastada por um certo tempo
geralmente empregaram técnicas básicas que ainda são usadas um século
depois.
No Alasca, uma comunidade na Baía de Bristol escapou da gripe quase
incólume ao fechar escolas, proibir reuniões públicas e impedir o acesso à vila
pela estrada principal.
A gripe espanhola começava com os mesmos sintomas de uma gripe normal: dor de cabeça, febre alta, cansaço e mal-estar. 

Porém, os sintomas logo evoluíam para um quadro com manchas no rosto, pele azulada pela falta de ar, tosse com sangue e hemorragia interna. As pessoas morriam pouco depois de chegar aos hospitais.

Conselhos dados na época não diferem muito dos atuais: isolamento e higiene. Foto: web

A origem é desconhecida, mas o que se sabe é que os primeiros registros foram nos Estados Unidos, ainda durante a guerra. O novo subtipo do vírus Influenza chegou à Europa meses depois. Mas foi o governo da Espanha que notou que estava diante de uma doença grave, daí seu nome [gripe espanhola].

A primeira onda de casos ocorreu de março a maio de 1918. Foi apenas em agosto que a gripe espanhola começou a assustar. Mais virulenta, atingiu seu auge entre setembro e novembro, outono no Hemisfério Norte.

Além da Europa e dos Estados Unidos, o vírus circulou na Índia, Sudeste Asiático, Japão, China, África, Américas Central e do Sul. 

Foi nessa segunda onda que a doença chegou ao Brasil. Militares da Marinha, que estiveram em missão na África durante a guerra, retornaram em setembro. Pelo menos 100 marinheiros morreram na época.


No mesmo mês, navios que atracaram em estados da Região Nordeste ajudaram a disseminar ainda mais a doença, que alcançou a Região Norte, que registrou os primeiros casos em novembro. O vírus também chegou a São Paulo e à capital brasileira na época, o Rio de Janeiro.

O medo acabou criando um isolamento forçado de toda a população, já que o governo demorou a enfrentar o avanço da pandemia. 

Pelo menos 30 mil morreram em decorrência de gripe espanhola no Brasil. Só o Rio de Janeiro teve 12 mil óbitos em dois meses.

Porto Alegre, na época com cerca de 140 mil habitantes, teve que construir um cemitério para enterrar seus 1.316 mortos. Em outubro, o governo federal finalmente reconheceu que teria dificuldades para diminuir o número de casos.

O presidente da República à época, Venceslau Brás, convocou o médico sanitarista Carlos Chagas para liderar a força-tarefa de combate à gripe espanhola na capital federal. A doença atingiu todas as classes sociais, sem distinção também de idade.

Uma das vítimas mais ilustres foi o presidente eleito Rodrigues Alves, que conquistou mais um mandato no fim de 1918. Morreu em 15 de janeiro de 1919, alçando o vice-presidente eleito Delfim Moreira ao cargo máximo do País.

Essa pandemia acendeu um alerta para as autoridades de saúde. Não havia na época sistemas públicos de saúde nem campanhas de vacinação em massa contra a gripe, que vieram a ser implantadas nas décadas seguintes. 

A pandemia acabou naturalmente após afetar grande parte da população mundial, com o último caso registrado em 1920.
Nome

Acidente,100,Acidente na BR-280,83,Afogamento,3,Agressão,1,Agricultura,20,Artigo de Opinião,1,Atropelamento,2,Auxílio Emergencial,6,Bela Vista do Toldo,50,BR-101,1,BR-116,1,BR-470,1,brasi,1,Brasil,541,Busca e Resgate,1,Câmara dos Deputados,1,Campo Alegre,6,Canoinhas,1710,Censura,1,Congresso Nacional,8,Coronavírus,450,Cotidiano,2,Crime,43,Crime Ambiental,6,Cultura,50,Curiosidades,33,Denúncia,1,Desaparecido,3,Destaque,197,Direito do Consumidor,3,Diversidades,4,Economia,210,Educação,165,Eleições,52,Emprego,12,Entretenimento,14,Esporte,31,Estado é responsável,1,Estatísticas,1,Estiagem,2,Fake News,1,Famosos,17,Fatalidade,1,Feminicídio,20,Fraude,2,Frio,1,Golpe,4,Homenagem,16,Humor,5,Incêndio,30,INSS,10,Inusitado,1,Irineópolis,78,Itaiópolis,77,Jaraguá do Sul,6,Joinville,38,Justiça,4,Leilão,1,Lockdown,1,Mafra,205,Mais do mesmo,1,Major Vieira,207,Manchete,908,Matos Costa,1,Maus tratos,1,Meio Ambiente,1,Memórias,11,Minas Gerais,2,Monte Castelo,42,Nossa história,25,Notícias,17,Notícias Internacionais,77,Ocorrências Policiais,876,Papanduva,138,Paraná,330,Polêmica,1,Polícia Ambiental,107,Polícia Civil,79,Política,771,Porto União,186,Previsão do tempo,172,Redes Sociais,35,Regional,1742,Rio Canoinhas,23,Rio Grande do Sul,41,Rio Negrinho,96,Santa Catarina,1773,Santa Cecília,19,São Bento do Sul,69,São Mateus do Sul,51,São Paulo,3,Saúde,287,SC-135,1,SC-418,1,SC-477,3,Segurança,6,Senado Federal,6,Sequestro,4,Sério isso?,1,Solidariedade,54,Tecnologia,3,Temporal,13,Timbó Grande,16,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,10,Tragédia no sul catarinense,1,Trânsito,11,Três Barras,646,Turismo,1,União da Vitória,51,Utilidade Pública,339,Vacinação,14,Vale do Itajaí,1,Variedades,1248,Verão,3,Violência contra mulher,34,
ltr
item
Canoinhas Online: Gripe espanhola: há mais de 100 anos, vírus matou cerca de 50 milhões de pessoas pelo mundo
Gripe espanhola: há mais de 100 anos, vírus matou cerca de 50 milhões de pessoas pelo mundo
Os conselhos de 100 anos atrá se aplicam a nossa realidade.
https://1.bp.blogspot.com/-byQHSxwngN8/Xnw0STAUvJI/AAAAAAAAc7E/VPOyg6sRPeQcFjdMCRxgJn2koBPKV2aawCNcBGAsYHQ/s320/gripe%2Bespanhola%2Bmatou%2Bmilh%25C3%25B5es.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-byQHSxwngN8/Xnw0STAUvJI/AAAAAAAAc7E/VPOyg6sRPeQcFjdMCRxgJn2koBPKV2aawCNcBGAsYHQ/s72-c/gripe%2Bespanhola%2Bmatou%2Bmilh%25C3%25B5es.jpg
Canoinhas Online
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/03/historia-gripe-espanhola-infectou-milhoes-mundo.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/03/historia-gripe-espanhola-infectou-milhoes-mundo.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregar todas as notícias Não encontrou nenhuma postagem Ver mais Continue lendo Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS PÁGINAS Ver mais RECOMMENDED FOR YOU Resultado para ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS NOTÍCIAS Não foi encontrada nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para página inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atras 1 hora atrás $$1$$ hora atrás Ontem $$1$$ dia atrás $$1$$ semana atrás mais de 5 semanas atrás Follow Este conteúdo é Premium Compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy