Governo quer permitir corte de 50% na jornada e salários de trabalhadores para atenuar crise

COMPARTILHE
A diminuição da jornada terá que ser proporcional à redução do salário. As empresas também deverão continuar a pagar pelo menos o salário mínimo. Foto: Pixabay
Além de permitir o adiamento do pagamento de tributos e contribuições, o governo quer permitir que as empresas afetadas pela crise do coronavírus cortem metade da jornada e dos salários dos trabalhadores. 

Nos próximos dias, uma medida provisória (MP) deve ser editada para flexibilizar normas trabalhistas durante o estado de calamidade pública.

Segundo o Ministério da Economia, a medida é importante para evitar demissões e a perda de empregos provocada pela queda da atividade econômica. A negociação será individual.

A proposta não altera a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), mas fará uma flexibilização dela, que seria temporária e valeria apenas durante a crise do coronavírus.

O salário-hora do trabalhador não pode ser reduzido, de forma que a diminuição da jornada seja proporcional à redução do salário. As empresas também deverão continuar a pagar pelo menos o salário mínimo.

“Não é algo simples, mas a ideia é preservar o emprego. Muito mais grave, diante de uma crise dessa, é a pessoa perder o emprego e sobreviver sem salário”, justificou o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco. Segundo ele, a ideia é que o trabalhador tenha uma renda de subsistência durante o estado de calamidade.

Férias e feriados

A medida provisória também prevê a simplificação de diversos itens, como o trabalho remoto, a antecipação de férias individuais e de feriados não religiosos e a decretação de férias coletivas (tanto num setor como em toda a empresa). 

O trabalhador com horas a mais trabalhadas poderá usar o banco de horas para tirar folgas, em troca da reposição depois do fim da calamidade pública, limitada a duas horas por dia.

Em entrevista coletiva para detalhar as novas medidas para a preservação dos empregos, a equipe econômica informou que cogitava em incluir, na medida provisória, um dispositivo que permitia a suspensão do contrato de trabalho, nos moldes de alguns países europeus. 

Nesse caso, o trabalhador não teria o salário reduzido a zero, mas receberia uma parte da remuneração.
Nome

Acidente,97,Acidente na BR-280,82,Afogamento,3,Agressão,1,Agricultura,20,Artigo de Opinião,1,Atropelamento,2,Auxílio Emergencial,6,Bela Vista do Toldo,50,BR-101,1,BR-116,1,BR-470,1,brasi,1,Brasil,539,Busca e Resgate,1,Câmara dos Deputados,1,Campo Alegre,6,Canoinhas,1703,Censura,1,Congresso Nacional,8,Coronavírus,440,Cotidiano,2,Crime,43,Crime Ambiental,6,Cultura,50,Curiosidades,33,Denúncia,1,Desaparecido,3,Destaque,195,Direito do Consumidor,3,Diversidades,4,Economia,208,Educação,165,Eleições,52,Emprego,11,Entretenimento,14,Esporte,30,Estado é responsável,1,Estatísticas,1,Estiagem,2,Fake News,1,Famosos,17,Fatalidade,1,Feminicídio,20,Fraude,2,Frio,1,Golpe,4,Homenagem,16,Humor,5,Incêndio,30,INSS,8,Inusitado,1,Irineópolis,78,Itaiópolis,77,Jaraguá do Sul,5,Joinville,38,Justiça,4,Leilão,1,Lockdown,1,Mafra,203,Mais do mesmo,1,Major Vieira,207,Manchete,908,Matos Costa,1,Maus tratos,1,Meio Ambiente,1,Memórias,11,Minas Gerais,2,Monte Castelo,42,Nossa história,25,Notícias,17,Notícias Internacionais,75,Ocorrências Policiais,873,Papanduva,138,Paraná,329,Polêmica,1,Polícia Ambiental,107,Polícia Civil,79,Política,770,Porto União,186,Previsão do tempo,171,Redes Sociais,33,Regional,1740,Rio Canoinhas,23,Rio Grande do Sul,41,Rio Negrinho,95,Santa Catarina,1767,Santa Cecília,19,São Bento do Sul,69,São Mateus do Sul,51,São Paulo,3,Saúde,286,SC-135,1,SC-418,1,SC-477,3,Segurança,6,Senado Federal,6,Sequestro,4,Sério isso?,1,Solidariedade,54,Tecnologia,3,Temporal,13,Timbó Grande,16,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,10,Tragédia no sul catarinense,1,Trânsito,10,Três Barras,644,Turismo,1,União da Vitória,51,Utilidade Pública,339,Vacinação,7,Vale do Itajaí,1,Variedades,1239,Verão,3,Violência contra mulher,34,
ltr
item
Canoinhas Online: Governo quer permitir corte de 50% na jornada e salários de trabalhadores para atenuar crise
Governo quer permitir corte de 50% na jornada e salários de trabalhadores para atenuar crise
https://1.bp.blogspot.com/-I3sxZfUl4fk/XnMMoUkadqI/AAAAAAAAch4/_1PifztSZIQfIepeATC3sUFDLWptmKZKwCNcBGAsYHQ/s320/TRABALHADOR.JPG
https://1.bp.blogspot.com/-I3sxZfUl4fk/XnMMoUkadqI/AAAAAAAAch4/_1PifztSZIQfIepeATC3sUFDLWptmKZKwCNcBGAsYHQ/s72-c/TRABALHADOR.JPG
Canoinhas Online
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/03/governo-quer-permitir-corte-de-50-na.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2020/03/governo-quer-permitir-corte-de-50-na.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregar todas as notícias Não encontrou nenhuma postagem Ver mais Continue lendo Resposta Cancelar resposta Deletar Por Home PÁGINAS PÁGINAS Ver mais RECOMMENDED FOR YOU Resultado para ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS NOTÍCIAS Não foi encontrada nenhuma correspondência com o seu pedido Voltar para página inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atras 1 hora atrás $$1$$ hora atrás Ontem $$1$$ dia atrás $$1$$ semana atrás mais de 5 semanas atrás Follow Este conteúdo é Premium Compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy