Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE
FALSE

Archive Pages Design$type=blogging$count=7

TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Homem morre três dias após ser picado por aranha marrom, no Paraná

Luciano foi picado enquanto dormia, mas não deu importância ao fato, segundo familiares. Foto: Reprodução Um homem, de 48 anos, morreu v...

Luciano foi picado enquanto dormia, mas não deu importância ao fato, segundo familiares. Foto: Reprodução
Um homem, de 48 anos, morreu vítima do veneno de uma aranha marrom nesta semana, em Pato Branco, no Paraná.  Luciano Marchimoro morreu três dias depois de ser picado pelo aracnídeo, enquanto dormia.

De acordo com familiares da vítima, o homem chegou a identificar que havia sido picado, mas achou que estava tudo bem e não foi imediatamente ao hospital.

Entretanto, depois de três dias, o veneno da aranha marrom acabou atingindo as pernas da vítima, além do funcionamento dos rins.

Em estado grave, Luciano foi encaminhado ao hospital, e ficou internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), mas infelizmente não resistiu e foi a óbito na última quarta-feira (6).

Conforme Rodrigo Marchioro, filho de Luciano, o pai foi picado pela aranha, e a demora acabou contribuindo diretamente para sua morte.

Acabou que a infecção acabou se espalhando, e nisso ele achando que era uma virose ou algo do tipo, ele foi deixando, deixando… e foi quando no último momento ele já estava com a perna inchada, e já tinha se espalhado, parado os rins. Ele tinha ficado mais ou menos três dias sem urinar, e não tinha mais escapatória”, relatou Rodrigo.

Perigo

Essa espécie de aranha ((Loxosceles) tem veneno que causa necrose e, em casos mais graves, insuficiência renal.

Caso ocorra uma picada, procure atendimento médico o quanto antes.

A picada nem sempre é percebida pela pessoa, por ser pouco dolorosa. A dor pode iniciar várias horas após.

As alterações locais mais comuns são: dor em queimação, vermelhidão, mancha roxa, inchaço, bolhas, coceira e enduração. Dias após, podem ocorrer outras alterações como necrose, dor de cabeça, mal-estar geral, náusea, dores pelo corpo.

As Loxosceles saem em busca de alimento à noite, e é neste momento que podem se esconder em roupas, toalhas, roupas de cama e calçados.

Os acidentes acontecem quando a pessoa, ao se vestir, ou mesmo durante o sono, comprime a aranha contra a pele.

A orientação é, caso ocorra uma picada, procure atendimento médico o quanto antes.