Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE
FALSE

Archive Pages Design$type=blogging$count=7

TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Câmara Mirim aborda assunto “Novembro Azul” e recebe alunos do Cedup Vidal Ramos

Foto: Assessoria/Divulgação A 13ª Sessão Ordinária da Câmara Mirim aconteceu na tarde da última quarta-feira (06), iniciando a sessão ve...

Foto: Assessoria/Divulgação
A 13ª Sessão Ordinária da Câmara Mirim aconteceu na tarde da última quarta-feira (06), iniciando a sessão vereadores mirins fizeram leitura do expediente do dia.

O vereador Mirim Jordânio Martins fez uso da tribuna livre e trouxe informações sobre o Novembro Azul voltado aos homens e a sua saúde. 

Esse movimento internacional, comemorado inicialmente na Austrália, em 2003, volta-se para a conscientização do público masculino a respeito do câncer de próstata.

A incidência do câncer de próstata é muito maior que a do câncer de mama, porém, o assunto muitas vezes não é tratado com a devida atenção pelo homem. A expectativa do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) é que, somente em 2014, tenham surgido 68.800 novos casos da doença no Brasil. Esse tipo de câncer é o que mais ocorre em homens em todas as regiões do nosso país, depois do câncer de pele. 

O câncer de próstata está intimamente relacionado com a idade do paciente. Mais de 60% dos doentes foram diagnosticados com a doença aos seus 65 anos ou mais. Com esses dados, é possível perceber que o aumento da expectativa de vida em todo o mundo está bastante relacionado com os aumentos nos números de ocorrência da doença.

O câncer de próstata é sempre tratado com muito preconceito pelos homens, principalmente em razão da realização do exame clínico (toque retal). Por isso, muitos preferem não procurar o urologista, fazendo com que o diagnóstico seja realizado tardiamente. 

O diagnóstico é feito pela análise dos resultados dos exames clínicos e do exame de sangue, denominado PSA (Antígeno Prostático Específico). Caso seja observada alguma alteração, uma biópsia deve ser realizada. 

A recomendação da realização desses exames depende da avaliação do médico. Normalmente é recomendado que eles sejam feitos a partir dos 50 anos de idade. Em pacientes que apresentam histórico familiar desse tipo de câncer, a recomendação é que os exames sejam feitos a partir dos 45.

A sessão contou ainda com a presença dos Alunos do 3 ano do Colégio Cedup Vidal Ramos, eles falaram sobre o projeto Overdose de Sacolas Plásticas, onde apresentaram as classes que foram pesquisadas e os impactos causados na natureza. 

As sacolas plásticas são as que mais causam problemas e mortes entre os animais marinhos, tartarugas e baleias. Durante os meses de pesquisas descobriram que em torno de 500 bilhões a 1 trilhão de sacolas plásticas são consumidas em todo o mundo por ano. 

No Brasil cerca de 1,5 milhão delas e em Canoinhas numa pesquisa informal realizada em alguns comércios, conclui-se que é gasto uma sacola por habitante por dia.

Colocaram mais assuntos impactantes ao meio ambiente que as sacolas plásticas e outras matérias jogado incorretamente na natureza. 

Destacaram que uma sacola leva entorno de 400 a 500 anos para se degradar na natureza, apontaram alternativas para diminuir as sacolas, apresentaram as sacolas retornáveis de pano e os benefícios. Ao final deixaram uma pergunta, o que está sendo feito em Canoinhas para diluirmos os impactos?

Logo em seguida o Vereador Mirim Victor Noernberg explanou requerimento de sua autoria onde sugere que os grêmios estudantis confeccionem as sacolas feitas de calças jeans. 

Demonstrou grande interesse no assunto e se colocou à disposição dos alunos para futuros debates. Já a presidente Anelize Gonçalves relembrou que já tramita nesta Casa de Leis o Projeto de Lei nº 69/2019 o qual trata sobre o uso consciente das sacolinhas o qual é de autoria do Vereador Célio Galeski. Após foram discutidos, e aprovados as proposições dos vereadores mirins.

Texto: Joselito Beluk – Assessoria de Comunicação Câmara de Vereadores de Canoinhas