Grid

GRID_STYLE
FALSE

Archive Pages Design$type=blogging$count=7

TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Policial canoinhense é agredido durante ação e autor é contido com uso de arma Spark

Imagem meramente ilustrativa. No domingo (15) por volta das 11h40, policiais militares foram acionados para a Rua Dorival Rosa do Nascim...

Imagem meramente ilustrativa.
No domingo (15) por volta das 11h40, policiais militares foram acionados para a Rua Dorival Rosa do Nascimento, no bairro Piedade, para atender ocorrência de ameaça e dano no âmbito da Lei Maria da Penha.

Segundo a denúncia, um homem teria quebrado um aparelho celular da marca LG de sua mulher e queimado roupas, além de proferir ameaças contra a mesma. Na chegada da guarnição o homem correu para os fundos do quintal, onde havia uma fogueira acesa.

Ao ser abordado, ameaçou jogar-se no fogo se a PM não saísse da residência. Um dos policiais tentou aproximar-se para deter o agente, momento em que homem atirou um tijolo contra o policial, atingindo-o na mão direita.

Em seguida o homem pulou dentro do fogo (em pé causando lesão nos pés e pernas) sendo retirado rapidamente pela guarnição.

Tentou agredir novamente os policiais com tijolos sendo necessário uso da arma Spark (dispositivo elétrico incapacitante) para deter o autor.

Após detido o masculino foi conduzido primeiramente ao pronto atendimento Municipal para atendimento e em seguida para a Delegacia de Polícia Civil. 

Ao chegar na Delegacia a mulher mudou sua versão dos fatos dizendo que não houve ameaças e que o dano foi em dia anterior ao da ocorrência sendo assim foi confeccionado Boletim de ocorrência na modalidade Termo Circunstanciado (BO-TC) devido a lesão causada no Policial militar.