Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE
FALSE

Archive Pages Design$type=blogging$count=7

TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Vereadores participam da entrega de 21 casas habitacionais em Canoinhas

Governo Municipal transformou sonhos em realidade na manhã desta última terça-feira, entregou as chaves das casas a 21 famílias. Dona Izol...


Governo Municipal transformou sonhos em realidade na manhã desta última terça-feira, entregou as chaves das casas a 21 famílias. Dona Izolina Soares de Lima, de 62 anos, comemorou muito essa conquista, ela e vizinhos foram retirados de área de risco que frequentemente era atingida em caso de enchente. 

“Esperei nove anos para receber a minha casa. Vai mudar muita coisa na minha vida. Quando estiver chovendo não vou mais ficar preocupada de que água vai entrar na minha casa”, destacou ela.

O ato de entrega das 21 unidades habitacionais do Vila Verde foi realizado no Campo D’Água Verde e contou com a presença de autoridades municipais, imprensa e comunidade.

Ao fazer uso da palavra, prefeito Beto Passos lembrou sobre sua experiência de vida. “Eu sei o que é sair no meio da noite em uma caminhonete sem saber para onde ir por causa da enchente e é por isso que estou muito feliz de estar hoje aqui entregando estas chaves a vocês. Hoje é um dia de felicidade por poder proporcionar conforto e ainda mais qualidade de vida. Agradeço a todos os envolvidos neste processo”, destacou.

Vice-prefeito Renato Pike lembrou que esta entrega só foi possível graças ao trabalho de várias pessoas. “Entregar estas chaves só foi possível porque muitos se envolveram. Esta casa é um bem que ficará para sempre na família e que trará conforto e segurança a muitas gerações”.

Célio Galeski, presidente da Câmara de Vereadores, também fez uso da palavra dizendo que essa obra foi feita por muitas mãos diversas secretarias ajudaram, definindo como palavra chave para essa construção, “Fé”, quase dez anos de obra, muitos achavam que não iria sair essas casas, concluiu dizendo que, “com ações como a de hoje, se tivermos enchente, serão poucas pessoas afetadas”.

O investimento inicial para construção das unidades habitacionais foi de R$ 885.436,22. Além das casas, a área recebeu pavimentação em lajota e sistema de drenagem. As casas onde as famílias moravam na Rua Nene Pereira serão destruídas. 

O local será transformado em Área de Preservação Permanente. O Vila Verde ainda terá uma praça e quadra de areia. As famílias beneficiadas fazem parte do cadastro da secretaria de Habitação.