Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE
FALSE
TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Uso de fogão a lenha causa dois incêndios de grandes proporções em Santa Catarina

Família conseguiu salvar poucos pertences de residência que foi totalmente destruída no incêndio em Monte Castelo. Foto: Bombeiros/Divul...

Família conseguiu salvar poucos pertences de residência que foi totalmente destruída no incêndio em Monte Castelo. Foto: Bombeiros/Divulgação
No início da noite de segunda-feira (8), a guarnição dos Bombeiros Monte Castelo foi acionada via contato rádio, pela guarnição de Papanduva, sobre um incêndio em residência na localidade do Rio das Antas em Monte Castelo.

No local constatou-se o incêndio em uma casa de construção mista, com área aproximada de 150 m², em fase de desenvolvimento completo, sem vítimas.

A fase de combate durou aproximadamente 01h20 e o  rescaldo durou em torno de 01h, sendo utilizado no total 15.000 litros de água.

Durante a ocorrência foi necessário o abastecimento de cada viatura 2 vezes em um hidrante no centro da cidade.

A proprietária da residência foi identificada no local, e relatou que a origem do incêndio ocorreu em um sofá que estava próximo a um fogão à lenha. Disse também que iniciou o combate ao fogo, mas sem sucesso.

Com ajuda de populares, conseguiu retirar alguns pertences antes do desenvolvimento completo, dentre os quais uma geladeira, um vídeo game, uma cama e algumas roupas.

Após a extinção e desmobilização, a guarnição relatou a ocorrência para a Polícia Civil que irá apurar as causas do incêndio.

Incêndio II

O uso de fogão a lenha também causou um incêndio em uma residência em Blumenau, no fim da tarde do último domingo (7).

O imóvel, que tinha o primeiro piso em alvenaria e o segundo em madeira, foi completamente destruído pelo fogo.

Incêndio em residência em Blumenau. Foto: Amélia Hames/Reprodução

O trabalho dos Bombeiros– desde o combate ao incêndio, a proteção às casas vizinhas e o rescaldo – levou cerca de quatro horas. Foram necessários aproximadamente 15 mil litros de água.

O dono da casa disse ao chefe de socorro que usava um fogão a lenha quando o incêndio começou na chaminé. Ninguém se feriu.

Em casos de incêndio, o Corpo de Bombeiros recomenda: abandone a edificação o mais rápido e, se possível, alerte outras pessoas; acione o socorro pelo telefone 193; se conseguir, desligue a rede elétrica e feche o registro da instalação de gás; não permita que pessoas entrem no local em chamas.