Page Nav

HIDE

Grid

GRID_STYLE
FALSE
TRUE
HIDE_BLOG
Textual description of firstImageUrl

Condutor que tiver a CNH cassada ou suspensa vai precisar fazer reciclagem a partir de agosto

O valor a ser pago para fazer a prova será de R$ 57,85. Condutores que tenham a habilitação suspensa ou cassada por infrações cometidas...

O valor a ser pago para fazer a prova será de R$ 57,85.
Condutores que tenham a habilitação suspensa ou cassada por infrações cometidas no trânsito vão precisar fazer prova teórica de reciclagem a partir de 5 de agosto. Os testes vão ocorrer nas Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) em todo o Estado.

A prova a ser adotada vai reunir 30 questões de múltipla escolha sobre legislação de trânsito, direção defensiva e outros conteúdos vistos no curso de reciclagem.

Para ter o processo de reciclagem concluído, o motorista vai precisar ter aproveitamento mínimo de 70% nas questões. A prova tem o mesmo conteúdo da que é aplicada aos condutores que fazem o processo para obter a primeira habilitação. 

O valor a ser pago para fazer a prova também será o mesmo: R$ 57,85.

A medida foi adotada após parceria entre o Departamento de Trânsito de Santa Catarina (Detran-SC) e o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina S.A. (Ciasc), que desenvolveu uma ferramenta no sistema DetranNet para contemplar a modalidade Penalidades.

Cada Ciretran vai agendar a prova de acordo com a demanda, assim, o condutor que tiver cumprido o período de suspensão ou cassação deve apresentar o certificado no órgão de trânsito do município em que mora para agendar a prova.

A exigência será aplicada a todos os condutores que fizeram o curso de reciclagem, mesmo que estejam cumprindo o período de suspensão, desde que ainda não tenham entregado os certificados nos órgãos de trânsito.

Para os condutores de outras unidades da federação, será obrigatória a transferência do prontuário, porque o interessado deve constar na base de dados estadual para poder fazer a prova e cumprir todas as etapas do processo administrativo.

* Com informações da assessoria do Detran/SC