Aposentadoria: como é hoje e o que muda se a nova proposta for aprovada

Com a nova proposta, quem começar a trabalhar agora terá que cumprir a idade mínima e o tempo de contribuição.


O governo apresentou nesta quarta-feira (20) a proposta de reforma da Previdência Social. A proposta cria uma idade mínima de aposentadoria. Ao final do tempo de transição, deixa de haver a possibilidade de aposentadoria por tempo de contribuição.

O projeto ainda precisa ser analisado pela Câmara e pelo Senado para valer.

Se a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) for aprovada da forma como está, quem começar a trabalhar agora teria que cumprir a idade mínima e o tempo de contribuição.

Quem já trabalha pode entrar em uma regra de transição.

Como é hoje

Não há idade mínima na aposentadoria por tempo de contribuição. Na aposentadoria por idade, é preciso ter 60 anos, no caso das mulheres, e 65, no caso dos homens.

O que o governo propõe

Idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. A idade pode aumentar quando a expectativa de vida dos brasileiros subir.

Tempo de contribuição

Como é hoje

Mínimo de 15 anos para quem se aposenta por idade. Para quem se aposenta por tempo de contribuição, são 35 anos de contribuição para homens e 30 para mulheres.

O que o governo propõe

Mínimo de 20 anos de contribuição para todos. Para receber 100% da aposentadoria, é preciso contribuir por 40 anos. 

A aposentadoria por tempo de contribuição deixaria de existir ao final da regra de transição.

Regras de transição (que o governo propõe)

- Aposentadoria por tempo de contribuição

Há três opções:

1) Idade mínima: Começa aos 56 anos (mulheres) e 61 anos (homens). A cada ano, a idade subiria seis meses, até atingir 62 anos (mulheres), em 2031, e 65 anos (homens), em 2027. O tempo mínimo de contribuição continuaria em 30 anos (mulheres) e 35 anos (homens).

2) Tempo de contribuição e pedágio: Dá para se aposentar com 30 anos de contribuição (mulheres) ou 35 anos (homens), desde que pague um pedágio de 50% sobre o tempo que falta para se aposentar. Vale só para quem está a dois anos de pedir o benefício.

3) Sistema de pontos: A soma da idade e do tempo de contribuição deve ser de 86 pontos, para mulheres, e 96 pontos, para homens. Há alta de um ponto a cada ano, até chegar a 100 pontos (mulheres), em 2033, e 105 pontos (homens), em 2028.

- Aposentadoria por idade

A idade mínima da mulher sobe seis meses a cada ano, até chegar aos 62 anos, em 2023 (hoje a idade mínima é 60). Para homens, a idade mínima já é de 65 anos na aposentadoria por idade. O tempo mínimo de contribuição também sobe seis meses a cada ano, até chegar a 20 anos, em 2029.

Cálculo da aposentadoria

Como é hoje

O INSS sempre calcula primeiro a média salarial com os 80% maiores salários de contribuição desde julho de 1994, descartando as contribuições mais baixas. 

O valor final depende do tipo de aposentadoria (se é por idade ou por tempo de contribuição, por exemplo) e do tempo que a pessoa trabalhou. É possível se aposentar sem desconto no valor do benefício pela regra 86/96.

O que o governo propõe

Será calculada a média salarial considerando todos os salários de contribuição desde julho de 1994, sem descartar as menores contribuições. 

Quem cumpre os prazos mínimos --62 anos (mulheres) ou 65 anos (homens) e 20 anos de contribuição-- tem direito a 60% da aposentadoria.

Para receber 100%, é preciso contribuir por 40 anos. Se passar de 40 anos, recebe mais de 100%.

Exemplo de cálculo:

- Média salarial: R$ 2.000
- Tempo de contribuição: 35 anos
- Tempo além dos 20 anos obrigatórios de contribuição: 15 anos (35 - 20 = 15)
- 2% para cada ano excedente (2 x 15 = 30%)
- 60% básicos + 30% adicionais = 90% do salário
- 90% de R$ 2.000 = R$ 1.800

Servidores públicos

Como é hoje

É possível se aposentar por tempo de contribuição: com 60 anos de idade e 35 de contribuição, para homens, e 55 anos de idade e 30 de contribuição, para mulheres. 

Na aposentadoria por idade, a exigência é ter 65 anos de idade, para homens, e 60 anos, para mulheres. Para os dois casos, é preciso ter ainda dez anos como servidor público e cinco anos no cargo em que irá se aposentar.

O que o governo propõe

Os funcionários públicos terão que seguir as mesmas regras que os trabalhadores de empresas. Será preciso ter 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens). 

Também precisarão ter 25 anos de contribuição, dez anos como servidor público e cinco anos no cargo em que se der a aposentadoria. Para quem está próximo de se aposentar, também haverá uma regra de transição.

Políticos


Como é hoje

Políticos têm regras próprias de aposentadoria. No PSSC (Plano de Seguridade Social dos Congressistas), é possível se aposentar com 60 anos de idade e 35 de contribuição. Recebem 1/35 do salário para cada ano de parlamentar.

O que o governo propõe

Novos políticos entrariam nas novas regras iguais às dos trabalhadores do INSS. Para deputados e senadores atuais haveria uma regra de transição: precisarão pagar um "pedágio" de 30% do tempo que falta para se aposentar e cumprir idade mínima de 62 anos (mulheres) e 65 anos (homens).

Pensão por morte

Como é hoje

Uma pessoa pode acumular pensão por morte e aposentadoria. A pensão é 100% do valor da aposentadoria que o morto recebia ou a que teria direito se fosse aposentado por invalidez.

O que o governo propõe

A pensão deve ser de 50% da aposentadoria do morto, mais 10% por dependente. Mesmo que não tenha filho, o cônjuge vivo conta como dependente, ou seja, a pensão será de, no mínimo, 60%. O máximo é 100%.

Professores

Como é hoje

Há diversas regras para essa categoria. Em geral, professores da rede pública de ensino podem se aposentar a partir dos 55 anos com, no mínimo, 30 anos de contribuição. 

As mulheres se aposentam com 50 anos de idade e 25 anos de contribuição. Professores ligados a regimes de Previdência municipais e estaduais têm regras próprias. 

Professores da rede particular podem se aposentar com 30 anos de contribuição (homens) e 25 anos (mulheres).

O que o governo propõe

A proposta é de uma idade de 60 anos para homens e mulheres, com 30 anos de contribuição para o professor que comprovar, exclusivamente, tempo nas funções de magistério na educação infantil e nos ensinos fundamental e médio.

Trabalhadores rurais


Como é hoje

Pode se aposentar com 60 anos (homens) e 55 anos (mulheres), com 15 anos de contribuição. Trabalhadores de economia familiar podem se aposentar sem ter contribuído, desde que comprovem 15 anos de atividade rural.

O que o governo propõe

O trabalhador rural poderá se aposentar com 60 anos de idade e 20 anos de contribuição. Os segurados especiais terão que contribuir com um percentual sobre a produção, com contribuição anual de pelo menos R$ 600 para a família.

Trabalho prejudicial à saúde

Como é hoje

Pessoas que trabalham em condições insalubres podem se aposentar depois de cumprir 15, 20 ou 25 anos de contribuição, dependendo do tipo de atividade.

O que o governo propõe
Será adotado o sistema de pontos (soma da idade com o tempo de contribuição), e haverá aumento de um ponto a cada ano a partir de 2020.

Para carreiras que dão aposentadoria com 15 anos de contribuição: a pontuação inicial seria de 66 pontos, chegando a 89 pontos
Para as carreiras que dão aposentadoria com 20 anos de contribuição: a pontuação inicial é de 76 pontos, chegando até 93 pontos
Para profissões que dão aposentadoria com 25 anos de contribuição: a pontuação inicial será de 86 pontos, chegando até 99 pontos.

BPC (Benefício de Prestação Continuada)

Como é hoje

É pago aos idosos e deficientes de qualquer idade que comprovem baixa renda. O benefício é de um salário mínimo para todos.

O que o governo propõe

Pela proposta, o BPC para idoso passaria a ser pago aos 60 anos, mas no valor de R$ 400, para pessoas de baixa renda. Ao chegar aos 70 anos de idade, o idoso passaria a receber o salário mínimo integral. Para deficientes de baixa renda, não há mudança no valor, e eles continuam recebendo um salário mínimo.

Abono do PIS/Pasep


Como é hoje

O abono salarial do PIS/Pasep é pago para quem ganha até dois salários mínimos.

O que o governo propõe

O abono passaria a ser pago para quem ganha até um salário mínimo

Aposentadoria por invalidez


Como é hoje

O aposentado por invalidez recebe 100% da média salarial.

O que o governo propõe

Só receberão 100% da média salarial no caso de acidente de trabalho, doença relacionada à atividade profissional ou doença comprovadamente adquirida no emprego. 
Caso a invalidez não tenha relação com o trabalho, o beneficiário receberá só 60% da média.

Militares

Os militares não entraram na proposta de reforma da Previdência neste momento. Segundo o secretário de Previdência, Rogério Marinho, um projeto para essa categoria será enviado ao Congresso.

Quem não será afetado

Quem já está aposentado
- Quem já recebe aposentadoria ou pensão não terá nenhuma mudança no valor de seu benefício.

Quem já puder se aposentar até a aprovação da reforma
-  Não será afetado pelas mudanças, mesmo que não tenha dado entrada no pedido de aposentadoria, por ter o chamado "direito adquirido". Isso vale até que as mudanças sejam aprovadas pelo Congresso e passem a valer. 

- Quem já atingiu as condições para se aposentar, ou atingir até que a nova lei entre em vigor, pode escolher se aposentar com as regras atuais

Nome

3º Batalhão de Polícia Militar,27,Ação Social,1,Acidente,99,Acidente com motos,1,Acidente com vítimas,1,Acidente na BR-280,10,Acidente na BR-376,1,Acidente na Rodovia do Xisto,1,Acidente na Serra,3,ADR Canoinhas,2,Afogamento,5,Agressões,1,Agricultura,3,Água,1,Águas termais,1,Alerta,1,Alto Vale do Itajaí,1,Amigos,2,Anticrime,1,Apagão,1,Aposentadoria,1,Apreensão de armas,1,Apreensão de drogas,3,Assalto,8,Assassinato,1,Atendimento na UPA,1,Atropelamento,2,Atualidades,45,Aumento,5,Aventura,1,avião,1,Banda Novos Talentos,1,Barra Velha,2,Barragem,1,Bebida não,2,Bela Vista do Toldo,16,Beto Carrero World,1,Beto Passos,2,Big Brother,1,Blumenau,3,Bolsonaro,1,BR 101,10,BR 116,43,BR 153,15,BR 277,3,BR 280,108,BR 476,2,BR- 282,13,BR-282,3,BR-376,2,BR-470,29,Brasil,235,Brasil-Política,1,brasil. Black Friday,1,Briga,2,Briga em bar,1,Briga em família,1,Busca e resgate,1,Caçador,18,Cadeia nele,1,Calor,5,Campo Alegre,1,Cano,1,canoi,1,Canoinhas,752,Canoinhas em Dança,1,Carnaval,5,Casan,1,Caso encerrado,1,Celesc,5,Chapecoense,2,Chuvas,10,Cidades,9,Clube de Carros Antigos de Canoinhas,1,Colômbia,1,Concurso Público,2,Contrabando,2,Copa 2018,6,Corpo de Bombeiros de Canoinhas,104,Corpo de Bombeiros de Três Barras,12,Correios,2,Cotidiano,2,Crime,14,Crime sexual,2,Crise,1,Crise na Saúde,2,Crueldade,1,Cultura,19,Curiosidades,18,Curitiba,3,Defesa Civil,3,Defesa do Consumidor,3,Defeso,1,Denúncias,1,Desaparecido,2,Desvio de cargas,1,Deu ruim,1,Dia das Mães,1,Dia Internacional da Mulher,3,DIC Canoinhas,1,Dinheiro,2,Dinheiro falso,1,Direito do consumidor,3,Diversidades,6,Dívida com saúde pública,1,Documentos em Braille,1,Eclipse total,1,Economia,29,Educação,64,EEB Julia Baleoli Zaniolo,1,Eleições,4,Eleições 2018,8,Emoji,1,Empreendedorismo,1,Emprego,15,Enem 2018,1,Energia,2,Entretenimento,8,Entupiu?,1,Epagri,1,Erro médico,1,Erva mate,1,Esporte,14,Estiagem,5,Expo Três Barras,2,Extração ilegal,1,Fake News,2,Falso sequestro,1,Fatalidade,1,FECAM,1,Feminicídio,4,Feriados Nacionais,1,Fesmate,14,Floresta Nacional de Três Barras,2,Florianópolis,1,Frango contaminado,1,Frio intenso,1,Fundação do Meio Ambiente,1,Furto,2,Furto de filhotes,1,Futebol,1,Gaeco,1,Gilberto Passos,1,Golpe,7,Golpe em Canoinhas.,4,Gratificação natalina,1,Greve,17,Guaramirim,1,Habitação,1,hemosc,3,Homenagem,1,Hospital Santa Cruz,44,HSCC,1,Humor,4,IDEB,1,Ilicitude,1,Incêndio,8,Incêndio em estufa,2,Inclusão,2,Informações,6,Informações úteis,15,INSS,1,Internet,1,Internet Rural,1,Inusitado,1,Inverno colorido,1,IPTU,2,IPVA 2017,1,Irineópolis,41,Itaiópolis,40,Itapoá,1,Jaragá do Sul,2,Jaraguá do Sul,10,JASC,1,JASTI,3,Jogos Abertos de Santa Catarina,1,Joinville,20,Justiça?,2,Lebon Régis,2,Lei,1,Lei Maria da Penha,14,Lesão corporal,1,Ligações fantasmas,1,Loiras,1,Lula,1,Má ideia!,1,Mafra,67,Maioridade penal,1,Major Vieira,120,Manchete,655,Mandado de prisão,1,Marcela Temer,1,Maus tratos,3,Meio Ambiente,4,Meio Amiente,2,Memórias,10,Mercado Público Municipal,3,Minas Gerais,2,Miss Santa Catarina,1,Mister Paper,1,Monte Castelo,17,Morte de TWD,1,Mortes em Lebon Régis,1,Natal da Paz,1,Natal Luz,2,Natureza,1,Naturismo,1,Nepotismo,1,Nossa história,16,Notícias,1634,Notícias Internacionais,22,Novelas,2,O carro é meu,1,Ocorrências Policiais,493,Opinião,1,Papai Noel brasileiro,1,Papanduva,43,Paraná,179,Patriotismo,1,PEC 287,1,Pedofilia,1,Perigo que vem do céu,1,Perturbação de sossego,1,Pinhão,1,Pneus carecas,1,Polícia,85,Polícia Ambiental,79,Polícia Civil,37,Polícia Militar de Canoinhas,2,Política,222,Porto Alegre,1,Porto União,69,Prejuízo,1,Prêmio,2,Previsão do tempo,65,PRF,7,Processo seletivo,1,Que sono,1,Que?,7,Recapturado,1,Rede de Vizinhos,5,Rede Municiapl de Ensino,1,Redes Sociais,6,Regional,503,Regras eleitorais,1,Religião,2,Retrospectiva 2017,5,Retrospectiva 2018,4,Rio Canoinhas,13,Rio dos Cedros,2,Rio Grande do Sul,19,Rio Negrinho,33,Rio poluído,1,Rodovia SC 135,10,Salário Mínimo,1,Santa Catarina,640,Santa Cecília,10,São Bento do Sul,17,São Mateus do Sul,35,Saúde,111,SC,2,SC 283,1,SC 350,2,SC 451,1,SC 477,24,SC-340,1,Segurança,22,Sem acordo,1,Serra do Rio do Rastro,3,Serra Dona Francisca,26,Serviço Militar,1,Setembro Amarelo,6,Simulacro,1,Solidariedade,20,SPFW,1,Spotligth,5,Sul catarinense,1,Super estômago,1,Taió,2,Temporal,2,Tentativa de assalto,2,Tentativa de homicídio,1,Timbó Grande,11,Toni Romanhuki,1,Tráfico,1,Tragédia em Minas Gerais,7,Tragédia na BR 280,1,Trânsito,34,Transparência,1,Três Barras,315,Tubarão,1,TV Globo,1,União da Vitória,31,UPA,10,Urban Style,5,Utilidade Pública,229,Vaga de emprego,2,Vale do Itajaí,1,Variedades,123,VII Congresso Sul-americano de erva mate,1,Violência contra mulher,2,Voluntariado,1,WestRock,3,
ltr
item
Canoinhas Online | Notícias de Canoinhas, do estado e do país.: Aposentadoria: como é hoje e o que muda se a nova proposta for aprovada
Aposentadoria: como é hoje e o que muda se a nova proposta for aprovada
Com a nova proposta, quem começar a trabalhar agora terá que cumprir a idade mínima e o tempo de contribuição.
https://3.bp.blogspot.com/-luiEUPSBADQ/XG31OrTey5I/AAAAAAAASuo/ddkLdvJU7iEFoQasM8ORgN1HgS-fQO6bgCLcBGAs/s1600/aposetadoria.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-luiEUPSBADQ/XG31OrTey5I/AAAAAAAASuo/ddkLdvJU7iEFoQasM8ORgN1HgS-fQO6bgCLcBGAs/s72-c/aposetadoria.jpg
Canoinhas Online | Notícias de Canoinhas, do estado e do país.
https://www.canoinhasonline.com.br/2019/02/aposentadoria-como-e-hoje-e-o-muda-se.html
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/
https://www.canoinhasonline.com.br/2019/02/aposentadoria-como-e-hoje-e-o-muda-se.html
true
314757626133630520
UTF-8
Carregou todas as postagens Não encontramos nenhum post Ver todas Ler mais Reply Cancel reply Delete Por Home PÁGINAS POSTAGENS Ver todas RECOMENDADO PARA VOCÊ MARCADOR ARQUIVO PESQUISA TODAS AS NOTÍCIAS Não encontrou nenhuma correspondência posterior com o seu pedido Voltar para página inicial Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutos atrás 1 hora atrás $$1$$ horas atrás Ontem $$1$$ dias atrás $$1$$ meses atrás mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É PREMIUM Por favor, compartilhe para desbloquear Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy