Nova frente fria trás alto risco de temporais para Santa Catarina a partir desta quinta-feira,3

Entre o Uruguai e o Rio Grande do Sul há  uma frente fria avançando, ou seja, um sistema de chuva. 

O que ocorre é que na dianteira dessa frente temos um ar quente. É este ar que irá reforçar o calor que já está em Santa Catarina e trazer temporais.


O deslocamento dessa frente fria fez o Epagri/Ciram emitir alerta para o alto risco de temporais na próxima quinta-feira 03, em todas as regiões do estado.

O sistema está bloqueado no Uruguai e deve avançar pelo litoral do Rio Grande do Sul em direção a Santa Catarina ao longo desta quinta.




O sol forte e o calor continuam sobre Santa Catarina e o Paraná, mas o deslocamento da frente fria vai favorecer as condições para pancadas de chuva entre à tarde e a noite, com maior risco de temporais no sul e no interior catarinense.

As temperaturas sobem rapidamente trazendo um dia muito quente com máximas que se aproximam da casa dos 40ºC em pontos do estado, principalmente no sul.  Boa parte das cidades terão algo entre 35 e 38°C.

Início: 03/01/2019 às 12:00 h

Fim: 03/01/2019 às 22:00 h


A previsão é pancadas de chuva com raios, temporais localizados, com rajadas de vento de 60 a 90 km/h e granizo.

Condição de chuva moderada a forte em curto espaço de tempo, com acumulado horário de 30 mm a 50 mm, em localidades isoladas.



RECOMENDAÇÕES DA DEFESA CIVIL SC

Tempestades: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. 

Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. 

Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!

Alagamentos: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados.

Enxurradas: Não fique próximo às margens de rios e ribeirões, principalmente em regiões de relevo acentuado, montanhoso e pequenos vales, pois muitas vezes há temporais intensos sobre os topos e cabeceiras, gerando repentinamente grande quantidade de água num curto espaço de tempo. 

Este tipo de evento adverso apresenta grande poder destrutivo, podendo arrastar veículos, pessoas, animais e mobílias por vários quilômetros. A força das águas pode ainda provocar o rolamento de blocos de pedras, arrancar árvores, destruir edificações e causar deslizamentos de terra nas margens.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199, Corpo de Bombeiros 193 ou Polícia Militar 190.

*Epagri/Ciram e Climatempo