Mulher é presa ao tentar vender o próprio filho por R$ 70 mil, na Bahia

Uma mulher foi presa após confessar que venderia o seu único filho, uma criança de 12 anos por R$ 70 mil.

O caso aconteceu na tarde de sexta-feira (11), na rodoviária de Santa Maria da Vitória, na região oeste da Bahia.

A mulher deixou o filho no local e foi embora. Uma equipe da Polícia Civil estava passando próximo à rodoviária quando deparou com a criança em um canto, isolada, e chorando.
Ela disse que havia sido deixado ali na rodoviária pela sua mãe.

A mãe da criança pode pegar de 4 a 8 anos de prisão por tráfico de pessoas/Reprodução

A Polícia Civil informou que o menino falou o nome e o número de telefone da mãe para os investigadores. As autoridades tentaram o contato com a mulher, mas não conseguiram.

A polícia então começou as buscas para procurar Maria após imagens da câmera de segurança da rodoviária serem coletadas.




Maria Rocha retornou os telefonemas da polícia, por volta das 17h30, afirmando que tinha sido sequestrada e que estava na rodoviária de um outro município próximo. Ela foi presa no local.

Segundo a polícia, a mulher manteve a versão do sequestro inicialmente, mas depois confessou o crime,  dizendo que ia vender o seu filho e que uma outra pessoa, que era um atravessador, marcou com ela de pegar a criança na rodoviária e iria pagar R$ 5 mil.

O homem que iria pegar o adolescente na rodoviária de Santa Maria da Vitória já foi identificado. 

Ele seria responsável também por encaminhar o menor a uma outra família brasileira que está morando no Japão. 

Quando isso acontecesse, a mulher iria receber mais R$ 65 mil pela venda de seu filho.

A polícia informou que ela pode pegar de 4 a 8 anos de prisão por tráfico de pessoas.

*Com informações da TVBahia