Pelo Twitter, Bolsonaro diz que carteira de motorista poderá ter validade de 10 anos


O presidente eleito Jair Bolsonaro usou mais uma vez o Twitter para anunciar medidas que pretende adotar a partir do começo do ano, quando assume a Presidência da República.

Nesta sexta-feira (28), ele afirmou que passará de cinco para 10 anos o prazo de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).




"Parabenizo o governo do RJ por extinguir a vistoria anual de veículos. Outrossim, informo que faremos gestões no sentido de passar para 10 anos a validade da carteira nacional de habilitação (hoje, seu prazo é de 5 anos)", escreveu Bolsonaro.

Hoje, o motorista com até 65 anos de idade precisa renovar o documento a cada cinco anos. Depois dessa idade o prazo cai para três anos, com exigência de exame de aptidão física e mental.

Pela legislação atual, dirigir com o documento vencido implica em infração gravíssima, sete pontos na carteira e a cobrança de uma multa de R$ 293,47. Para renovar, é preciso se submeter a pagamento de taxas e exame médico.