Pesquisar neste site

Eletrônicos furtados em loja de Canoinhas são anunciados pra venda em Rede Social

Três foram presos por furto, receptação, tráfico de drogas e associação criminosa.
Foto: Rocam Canoinhas/Divulgação

Três jovens foram presos, terça-feira (04), suspeitos de furtarem eletrônicos de um estabelecimento comercial de Canoinhas e anunciar em Rede Social para venda.

Após receber denúncias de que um homem estava oferecendo para venda televisores em mídias sociais, uma equipe da Rocam de Canoinhas, com apoio da Radio Patrulha, deslocou-se até a residência do "vendedor", onde localizaram um aparelho de TV, que estava sendo oferecido para venda através do WhatsApp.

O jovem acabou confessando que o mesmo era origem de furto e que ainda tinha mais um. 





Em outra residência, na Cohab 4,  foi localizado mais um televisor, e constatado que no guarda roupa do jovem que havia mais produtos de origem duvidosa.

Em buscas minuciosas,  em diversas partes da casa, a polícia encontrou forno microondas, um videogame, uma caixa fechada de shampoo, sabonete, anabolizantes (que são proibidos no Brasil) e também 44 gramas de cocaína, além de uma balança de precisão. 

Diante dos produtos encontrados, o jovem confessou que na residência de um outro "amigo", haviam mais quatro aparelhos de TV. 
No local da denúncia, foram realmente encontrados os televisores e confirmado pelo autor ser origem de furto. 




Novamente os suspeitos informaram que em outra residência havia mais dois televisores, o que foi confirmado no local.

Todos os aparelhos de TV, oito no total, eram tela de LED com polegadas entre 32 e 55, e pertenciam a uma loja de eletrodomésticos de Canoinhas. Os três suspeitos eram funcionários da loja, sendo que um deles já havia sido demitido anteriormente.

Produtos furtados e de origem duvidosa foram apreendidos/recuperados. Foto: PM/Divulgação

A polícia constatou que os envolvidos se organizaram afim de cometer o ilícito, articulando as negociações através do Whatsapp. 

Os três receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil de Canoinhas onde foram autuados por receptação, tráfico de drogas e associação criminosa.