WestRock confirma investimento de US$ 345 milhões na unidade de Três Barras

Segunda maior fabricante do mundo de embalagens de papelão ondulado, a WestRock anunciou nesta segunda-feira (05), que vai investir mais US$ 345 milhões de dólares ( cerca de R$ 1,3 bilhão ao câmbio atual) na ampliação da sua fábrica de papel em Três Barras, no planalto norte catarinense.

A WestRock é vice-líder no mercado brasileiro de embalagens de papelão, com participação entre 8,5% e 9%, atrás da Klabin, que tem fatia de 18%.

Imagem aérea da unidade de Três Barras/Arquivo
Com esse investimento, a produção de papeis de alta performance em Três Barras subirá 46%. Os investimentos começam em fevereiro do ano que vem e se encerram em março de 2021, num prazo de dois anos de implantação.

A companhia americana já investiu US$ 125 milhões em nova fábrica moderna em Porto Feliz, São Paulo, e tem mais duas unidades produtivas, em Araçatuba (SP) e Pacajus (CE).

Com o anúncio desta segunda-feira que envolve a unidade de papel de Três Barras, sobe a US$ 470 milhões, ou R$ 1,74 bilhão, o total que será aportado no país nos próximos anos para expansão de capacidade produtiva.

Com o investimento, a empresa também mira no mercado de papel kraft  (kraftliner) de alta performance, visando atender, de forma consistente, o mercado doméstico e de exportação.
Com a ampliação, a unidade de Três Barras terá sua capacidade total de produção.

A produção de kraftliner subirá de 470 mil toneladas por ano (520 mil toneladas curtas americanas) para 685 toneladas anuais.


A produção de kraftliner subirá de 470 mil toneladas para 685 toneladas anuais.
Em entrevista ao Valor, o presidente da operação brasileira, Jairo Lorenzatto, disse que o novo investimento está alinhado à estratégia global de crescimento da companhia e fundamentado no bom desempenho dos mercados, sobretudo o doméstico.

Hoje, a WestRock opera no limite da capacidade no país e a instalação de mais uma linha de celulose e o e o desgargalamento (ampliação) das duas máquinas de kraftliner em Três Barras não apenas dão sustentação à nova fábrica de papelão ondulado em Porto Feliz, que vai consumir mais papel, como preparam a empresa para a demanda futura, disse em entrevista ao Valor, o presidente da operação brasileira, Jair Lorenzzato.

Ainda segundo Lorenzzato, a decisão de investimento da WestRock  não está associada à agenda política no país e sim ao crescimento orgânico do mercado de embalagens.

O Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) referentes a ampliação da unidade de produção foram apresentados em Audiência Pública, em Três Barras, no dia 28 de setembro de 2017.