Pesquisar neste site

Cidades catarinenses farão exames gratuitos para detecção de câncer de pele

Uma em cada três cidades de Santa Cantarina tem o câncer como a principal causa de mortes.


No dia 1 de dezembro, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) promoverá o Dia Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele em todo o Brasil.

Na data, cerca de 4 mil médicos dermatologistas e voluntários realizarão consultas gratuitas em mais de 130 postos de atendimento.




A iniciativa visa a alertar a população sobre prevenção, diagnóstico e acesso ao tratamento da doença no Brasil. Neste ano, a campanha dá continuidade ao tema Se exponha mas não se queime.

Em Santa Catarina, um dos Estados com maior número de casos de câncer de pele do país, a ação ocorrerá em algumas cidades. As consultas serão realizadas gratuitamente.

Para participar da ação, as pessoas precisam procurar um posto de atendimento entre 9h e 15h e aguardar o atendimento.

Durante o exame preventivo gratuito, o dermatologista examinará o paciente para verificar se ele tem câncer da pele ou se possui fatores de riscos.

Em Santa Catarina, os atendimentos serão nos seguintes locais:

Ambulatório Médico de Especialidades- Curso de Medicina do Sul de Santa Catarina, em Tubarão
AMU - Ambulatório Multidisciplinar Universitário , em Joaçaba
Centro de Saúde do Município de Brusque/Andar Térreo
CRESM - Centro Regional Especialidades Médicas Municipal de Chapecó
Policlínica de Concórdia
Policlínica Municipal de Palhoça, na Unisul

Faça um cálculo, gratuitamente, no site da Sociedade Brasileira de Dermatologia e verifique se você é um paciente de risco para desenvolver câncer de pele.


Como evitar o câncer de pele

As recomendações básicas da incluem a adoção de medidas, como evitar os horários de maior incidência solar (das 10h às 16h); utilizar chapéus de abas largas, óculos para sol com proteção UV e roupas que cubram boa parte do corpo; procurar locais de sombra, bem como manter uma boa hidratação corporal. 

A sociedade médica também orienta para o uso diário de protetor solar com fator de proteção de no mínimo 30, que deve ser reaplicado a cada duas a três horas, ou após longos períodos de imersão na água.