SC-477: Aguiar diz que situação da rodovia é culpa do 'incompetente' secretário da SDR de Mafra


O deputado estadual Antonio Aguiar (PSD) publicou nesta quarta-feira (17), um vídeo em seu perfil de Rede Social, onde claramente chama de incompetente o Secretário de Desenvolvimento Regional da 25ª Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) Mafra, Abel Schroeder.

Pelas palavras de Aguiar, Abel Schroeder é o culpado pela situação caótica em que se encontra a SC-477.



Veja a transcrição do vídeo publicado:

Estamos aqui, mais uma vez, revindicando a 477. Condições péssimas que se apresenta a rodovia. Responsabilidade de quem? do Governo do Estado de Santa Catarina, através do secretario Abel, que nada faz para melhorar as condições da 477.
Portanto, acidentes e vidas que vierem a serem ceifadas é de responsabilidade do secretário sim, que recebe verbas para deixar a rodovia em estado de conservação e não o faz.
Portanto secretário Abel 'tá' aqui nosso recado para que Vossa Senhoria faça com que seu trabalho seja realmente feito com competência senão vou ter que chama-lo de outros adjetivos.

Após a publicação, comentários pipocaram na Rede Social do deputado, lembrando-o das várias promessas feitas por ele em relação a SC-477, durante os últimos anos.

Uma delas feita em março de 2017, onde foi confirmada, em Mafra, pelo deputado estadual Antônio Aguiar, o investimento de R$ 10 milhões para o reperfilamento asfáltico da SC 477 - trecho de Canoinhas a Major Vieira, e SC 135 - trecho entre Porto União até Matos Costa.


Outra, em novembro do ao passado, em que Aguiar afirmou, confirmou e garantiu ao prefeito Beto Passos, que Raimundo Colombo viria a Canoinhas tratar da licitação para SC-477. Deixemos de lado a tantas outras promessas.

O assunto da SC-477 também foi tema, esta semana, na Câmara de Vereadores de Canoinhas. Pela milionésima vez, vereadores apresentaram requerimento ao Estado solicitando medida emergencial para a rodovia, que liga o município de Canoinhas à BR-116.

A solicitação dos vereadores é que se faça recapeamento asfáltico, ou como medida emergencial uma operação tapa buracos, devido ao péssimo estado da rodovia, que pode ocasionar acidentes e prejuízos aos motoristas.




Wilmar Sudoski (PSD) comentou que em conversa com o secretário da ADR de Mafra, Abel Schroeder, foi comunicado que no momento não existem recursos para nenhuma ação na rodovia.

O vereador também conversou com o deputado Aguiar, que se comprometeu (também pela milionésima vez), em conversar diretamente na secretaria de Infraestrutura para relatar a situação gravíssima do trajeto, que há tempo precisa da revitalização.

Pelo vídeo publicado por Aguiar, percebe-se que quando não se tem competência, o ataque vira estratégia de defesa.