Quadrilha finge consertar telhado pra furtar residência de idosos, no sul do estado


Quatro homens, um deles de 84 anos, foram presos nesta quinta-feira (11), Na BR-101 em Barra Velha, litoral catarinense,  suspeitos de integrar um quadrilha que fingiu consertar os telhados da residência de uma casal de idosos para furtá-los.

O crime contra o casal, de cerca de 80 anos, ocorreu na terça-feira (9) em Tubarão, sul do estado.

Eles disseram aos idosos que havia telhas quebradas no telhado e se ofereceram para arrumarOs três eram acompanhados pelo idoso de 84 anos, que dizia ser parentes dos demais para dar mais credibilidade à história.



Enquanto um ou dois homens distraíam as vítimas, os demais faziam o "conserto do telhado" e entravam na casa para furtar objetos e dinheiro. O casal registrou o furto de um celular e de R$ 1,2 mil, valor da aposentadoria de um deles.

Pelas imagens de câmeras de segurança de casas e lojas próximas da residência dos idosos, foi possível identificar a placa e o carro usado pela quadrilha: um Uno de Alvorada (RS). O veículo foi avistado e abordado pela PRF no posto da corporação em Barra Velha.

Os quatro homens ainda estavam com as mesmas roupas que usaram no furto aos idosos, três deles com capacetes de proteção usados em obras. A polícia também encontrou R$ 1.990 mil, relógios, bijuterias e um saco de moedas no carro.

Conforme a PRF, é possível que eles tenham aplicado golpes também no Norte do estado. Todos foram detidos e levados à Delegacia de Polícia de Barra Velha.

O carro, dinheiro e objetos também foram encaminhados ao mesmo local. Os quatro vão responder por furto e vão ser investigados sobre envolvimento em outros crimes.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), eles já tinham registros policiais por estelionato e furto no Rio Grande do Sul.