Criança de 6 anos é estuprada por adolescente de 15, no bairro São Cristóvão


Um daqueles casos revoltantes foi registrado em Canoinhas, na noite da última sexta-feira (12),  por volta das 19h40.

Equipes da PM de Três Barras foram acionadas via Copom 190 para comparecer na sede do 3º Batalhão de Polícia Militar de Canoinhas,  onde o solicitante aguardava para fazer uma denúncia de estupro.




O homem relatou que recebeu um casal em sua residência na tarde da sexta-feira (12), no bairro São Cristóvão.
O casal seria seus compadres e junto deles estava o filho, um adolescente com 15 anos. Em determinado momento sentiu falta de seu neto, um menino de 6 anos.

Ao procurar a criança, a esposa do solicitante flagrou o adolescente, de 15 anos, em uma sala do imóvel, estuprando seu neto.

Imediatamente o adolescente pulou a janela e fugiu. Diante da situação a equipe PM deslocou com a avó da criança até a residência do autor, na Rua Paulo Scheuer, bairro Piedade e localizou o adolescente na residência.

Diante dos fatos o adolescente foi apreendido e conduzido a Delegacia de Canoinhas, para providências legais.
O estupro foi comprovado após a criança fazer exame de corpo de delito.

O estupro é considerado um dos crimes mais violentos, sendo considerado um crime hediondo. Atualmente a pena no Brasil é de 6 a 10 anos de reclusão para o criminoso.
O crime de pedofilia estabelece pena de prisão de 16 a 30 anos para quem praticar violência sexual contra crianças ou adolescentes.

Como neste caso o criminoso é menor, e conhecendo as leis brasileiras, não temos certeza de qual será a punição. Brasil sil sil...