Ciram confirma alerta de ciclone extratropical para o próximo sábado em SC

Segundo os órgãos que monitoram a formação do ciclone, não há motivo para pânico. A ventania deve ser intensa, mas dentro do que é normal para o estado - Portal de Notícias Canoinhas Online


No sábado (27/10), um ciclone extratropical intensifica-se na costa sul do Brasil, entre o litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, diz o alerta publicado pela Epagri/Ciram nesta quinta-feira (25).

A previsão é de ventos fortes no litoral, nesse dia, com rajadas de 60 km/h a 80 km/h



No mar, em áreas mais afastadas da costa, as rajadas podem chegar a 100 km/h. O ciclone também favorece a condição de mar agitado e risco de ressaca no final de semana, especialmente no domingo.

Sem pânico

Apesar do alarde nas redes sociais, a Defesa Civil busca acalmar a população. Destaca, na nota, que os ciclones extratropicais são sistemas atmosféricos comuns no litoral sul do Brasil. Ela ressalta ainda a maior frequência nos meses entre final de outono e início da primavera.

Em uma das mensagens que circulam, afirma-se que o ciclone seria tão forte quanto o Furacão Catarina, que atingiu o estado em março de 2004. No entanto, não é verdade.

O furacão Catarina teve ventos constantes de 130 e 160 km/h, e rajadas de até 200 km/h.

Já este ciclone extratropical previsto deverá ter ventos constantes de 20 a 60 km/h, e rajadas de 80 a 120 km/h. “É um um vento forte, mas nada comparável ao Furacão Catarina”.
A ventania deve ser intensa, mas dentro do que é normal para o estado.

Já que a previsão é dinâmica e pode mudar em poucas horas, a indicação dele é de que os ventos variem entre 60 a 70 km/h no Oeste e Meio-Oeste, 70 a 90 km/h no Litoral Sul e Grande Florianópolis, podendo até ter máximos de 100 km/h no topo da Serra Catarinense, 50 a 70 km/h no Vale do Itajaí e Litoral Norte.

Fontes: Defesa Civil - Epagri Ciram - Ronaldo Coutinho/meteorologista.