Assistente da Promotoria de Itaiópolis relata luta contra o câncer de mama

Apesar de fazer mamografia anualmente, Rosane conta que a descoberta de um nódulo na mama foi casual, através de um auto-exame - Portal de Notícias Canoinhas Online

Rosane relatou como enfrentou um câncer de mama, descoberto há onze anos. Reprodução/Facebook
A Assistente da Promotoria de Justiça Rosane Zanelatto Wormsbecher, que superou um câncer de mama, participou de um evento promovido pelo Lyons Clube do município, no qual relatou a sua vivência.

"A descoberta do câncer foi casual há 11 anos. Anualmente fazia Mamografia, mas foi por meio de um auto-exame que percebi o nódulo na mama. Após a biópsia, o diagnóstico não desejado. A princípio, a notícia é o prenúncio da morte. Mas, felizmente, essa impressão é temporária, como se fosse um relâmpago, e dá espaço a sentimentos outros, entre eles o mais precioso, o de lutar pela vida", contou a Assistente.

Rosane lembrou ainda dos procedimentos, dos exames e da cirurgia. Ela fez mastectomia radical com reconstrução - e da quimioterapia.

A assistente usou lenços e peruca, os quais, segundo ela, foram incorporados sem nenhum problema no seu dia a dia.

O depoimento fez parte da Campanha Outubro Rosa e integrou evento promovido pelo Lyons
Clube do município Itaiópolis. Foto: MPSC/Divulgação
Desde então, Rosane diz que dentro das suas limitações e com toda sua fragilidade humana, em retribuição à vida, procura dar o seu melhor às pessoas que a cercam e também àquelas que precisam de dela. "Tento, a meu modo, agradecer a Deus todas as noites e todas as manhãs por mais este dia, cuja minha única missão é transformá-lo em um dia mágico, e, assim será, até quando "ELE" permitir...!!!"

A Assistente aproveitou, ainda, para informar que Promotoria de Justiça está de portas abertas para qualquer paciente que encontre dificuldades no encaminhamento e tratamento em serviço público de saúde.