Veículo não consegue passar linha férrea e é arrastado por trem, em Morretes


Um veículo, aparentemente por falha mecânica, não conseguiu atravessar uma linha férrea em Morretes, litoral do Paraná, e foi arrastado por um trem, causando a morte de uma mulher de 53 anos.

O acidente aconteceu na manhã de sexta-feira (28), por volta das 09h15. O marido dela, de 78 anos, que conduzia o veículo, e um adolescente, neto do casal, não ficaram feridos, já que deixaram o carro antes da colisão.
Segundo o Corpo de Bombeiros, ela era passageira do automóvel.




A empresa que opera o trem, lamentou o acidente. Por meio de nota, informou que a colisão ocorreu após o automóvel parar sobre a passagem em nível no momento em que o trem se aproximava.

Fotos: Corpo de Bombeiros/Divulgação
O maquinista acionou todos os procedimentos de segurança, acionando a buzina e os freios de emergência, mas não foi possível parar a tempo, devido às proporções do trem.
O local é devidamente sinalizado e de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, a linha férrea é sempre preferencial, sendo obrigatório que os veículos parem e se certifiquem de que não há trens se aproximando antes de efetuar o cruzamento”, diz trecho do documento.

A concessionária ressaltou que atravessar uma passagem em nível sem antes parar é infração gravíssima.
O condutor ainda será ouvido para relatar o que causou o acidente.