Santander, CEF e Banco do Brasil são os campeões de reclamações


O Banco Central divulga periodicamente a lista dos bancos com mais reclamações de clientes. O ranking é composto pelas 11 instituições financeiras que mais obtiveram queixas no período analisado.
No total, o Banco Central recebeu 8.852 reclamações dos clientes, conforme última lista divulgada.


O Santander liderou o ranking de reclamações contra instituições financeiras sendo a maioria delas relacionadas à “integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços, exceto as relacionadas a cartão de crédito, cartão de débito, internet banking e terminais de autoatendimento”, totalizando 426 casos.




Para fazer o ranking, as reclamações procedentes são divididas pelo número de clientes da instituição financeira que originou a demanda e multiplicadas por 1 milhão. Com esse cálculo, o Santander ficou com índice 38,14. O conglomerado Santander tem 41,3 milhões de clientes.

Em segundo lugar, vem a Caixa Econômica Federal, com índice 27,68 e 2.475 reclamações. A Caixa tem mais de 89,4 milhões de clientes
O Banco do Brasil ficou em terceiro lugar com índice 20,85 e 1.301 reclamações. O BB tem cerca de 62,4 milhões de clientes.

Do total de 10.110 reclamações, a principal está relacionadas a situações como não realização de débito automático, divergências entre saques e depósitos, problemas com transações por falha humana, cobrança em duplicidade e alterações em investimentos, sem autorização.

Também foram registrados 1.390 casos de oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada e 1.306 irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito.

Em quarto lugar está o Bradesco, com 1860 reclamações. A instituição tem 94,8 milhões de clientes.
Em quinto lugar o Banco Itaú, com 1409 reclamações, tendo 76,6 milhões de clientes.

A insatisfação com serviços e produtos oferecidos por instituições financeiras pode ser registrada no Banco Central e as reclamações ajudam na fiscalização e regulação do Sistema Financeiro Nacional.