Mulher que deixou crianças na rua é alcoólatra e diz que não quer as filhas

Imagem meramente ilustrativa
A família das três meninas que foram deixadas de castigo na rua em Jaraguá do Sul,  vai receber acompanhamento de profissionais da assistência social. Isso porque, segundo o Conselho Tutelar, a mãe tem problemas relacionados ao álcool e disse que não quer ficar com as crianças.

Na noite de terça-feira (31), a mulher de 36 anos foi detida pela Polícia Militar por ter deixado as filhas, de 5, 7 e 12 anos, na rua quando fazia 12º C. 



As crianças estavam apenas de bermuda e camiseta, conforme a PM. Segundo a corporação, a mulher falou que as meninas estavam de castigo e, por isso, foram impedidas de entrar em casa.

Sujeira e desorganização

O caso ocorreu por volta das 20h de terça no bairro Santo Antônio. Os policiais afirmaram que, dentro de casa, estava sujo, desorganizado e com várias facas espalhadas pelos móveis.

Conforme a lei 9.099 de 1995, a mãe respondeu a um termo circunstanciado. A PM informou que ela tinha registros policiais como vítima de violência doméstica.