Família autoriza doação e Hospital Santa Cruz faz captação de rins, fígado e córneas

Captação de órgãos no Hospital Santa Cruz de Canoinhas
Equipe de Canoinhas e Florianópolis que participou da captação de órgãos, realizada no Hospital Santa Cruz de Canoinhas. Foto: Divulgação
A Comissão Hospitalar de Transplante do Hospital Santa Cruz de Canoinhas realizou mais uma captação de órgãos, com a assessoria da equipe de Florianópolis, na tarde de terça-feira (21).

Até sete pessoas poderão ser beneficiadas com os órgãos captados no HSCC. Rins, fígado e córneas foram doados graças a consciência de uma família, que mesmo no seu momento de maior dor, autorizou o transplante que poderá salvar muitas outras vidas.




Os dados da Central Estadual de Transplantes de Santa Catarina, de julho de 2018, aponta 323 pessoas aguardando por um transplante de rim, 24 pessoas por um fígado e 55 pessoas por córnea.

Somando com outros órgãos a fila de espera por transplantes no Estado conta com 469 pessoas. 

Segundo Karin Adur da CHT do Hospital Santa Cruz, estes dados só ressaltam a importância de informar a família sobre o desejo de doar:
 “Muitas vezes temos casos favoráveis à doação de órgãos, e não conseguimos a autorização dos familiares. Isso porque o momento é de extrema dor e sofrimento, o qual torna difícil a compreensão e aceitação do real benefício do gesto."

"Por isso é tão importante deixar dito à família o desejo de doar. Não basta ser doador sem reforçar com a família, porque somente o familiar de primeiro grau poderá autorizar”, explica Adur.

Esta é a terceira captação de órgãos realizada no Hospital Santa Cruz no ano de 2018. 
Em setembro a entidade realizará a Segunda Pedalada “Sou Doador” que visa conscientizar a importância de ser doador de órgãos e salvar vidas.