Em casos graves, o sarampo pode causar lesões cerebrais


O sarampo é uma infecção viral que afeta, principalmente, bebês durante o primeiro ano de vida. No entanto, a doença também pode acontecer em crianças ou adultos que não tenham feito a vacina contra o sarampo.

É provocado por um vírus e é transmitido de pessoa para pessoa, através de tosse ou de secreções da pessoa infectada. A vacinação é a melhor forma de prevenção da doença.

Neste sábado (18) mais de 36 mil postos de vacinação em todo o país estarão abertos para o Dia D de mobilização nacional.




A campanha tem por objetivos:


Vacinar quem nunca tomou a vacina: Completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as vacinas;
Dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente (ou seja, tomou todas as doses necessárias à proteção).

Quem deve ser vacinado?

Contra a poliomelite: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou. Em casos de nenhuma dose, será aplicada a Vacina Inativada Poliomielite. Em caso de uma ou mais doses, será aplicada a Vacina Oral Poliomielite, a famosa "gotinha".

Contra o sarampo: crianças de 1 até 5 anos independentemente de quantas doses já tomou.
Não devem ser vacinadas: crianças de 1 até 5 anos que tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.