No RS, pais podem perder a guarda se a criança não for vacinada

Compartilhe:
Ministério Público do Rio Grande do Sul divulgou um vídeo em que alerta pais e responsáveis sobre a importância e as consequências legais para aqueles que negligenciam as recomendações de vacinação das crianças.

Segundo a promotora de Justiça da Infância e Juventude os pais poderão ser multados e até perder a guarda se a criança não for vacinada. "A vacinação é importante não só pela saúde individual da criança, mas também pela saúde coletiva das outras crianças com quem a não vacinada pode conviver".
Se os pais não fizerem a vacinação poderão ser tomadas medidas judiciais de busca e apreensão da criança (Foto: Tony Winston/Agência Brasília)
O Ministério Público dará um prazo para que a família faça a vacinação voluntariamente. Se os pais não fizerem, poderão ser tomadas medidas judiciais de busca e apreensão da criança, que será levada à vacinação e os pais poderão ser avaliados pela possível negligência.

O Ministério Público está atento às notícias que têm sido veiculadas e às "fake news" (notícias falsas) difundidas sobre riscos das vacinas e decidiu alertar os pais.