Leite ficará 11% mais caro para a indústria em SC neste mês

Compartilhe:
O leite deverá ficar 11% mais caro para a indústria em Santa Catarina neste mês de julho. Para o produtor, o aumento do valor recebido da indústria será de até R$ 0,15. A elevação vai ocorrer para garantir o estoque de leite bruto para o processamento de laticínios, diante do baixo estoque em outros estados.

Segundo a Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc), esses aumentos são resultado do baixo estoque de leite em outros estados, que acabam procurando o produto catarinense.

A partir daí, a indústria sobe os valores para garantir o estoque de leite bruto para processamento dos laticínios. 

Durante o mês de julho,o ideal é pesquisar preço e aproveitar eventuais promoções.
Para julho, o valor pago pelo litro do leite ao produtor terá um reajuste de 11%, o que ajuda a compensar as dificuldades que o setor vem enfrentando desde setembro do ano passado.
Na prática, será um aumento de R$ 0,12 a R$0,15 ao litro, dependendo da categoria do leite.

Santa Catarina tem atualmente cerca de 60 mil produtores comerciais de leite. O setor garante que tenta encontrar uma fórmula para que os preços sejam favoráveis tanto para o agricultor quanto para o consumidor.