Escritores canoinhenses desvendam mistérios de suas obras e de sua vida pessoal

Compartilhe:
Muitas vezes, ao finalizarmos a leitura de uma obra, surgem questionamentos, dúvidas e curiosidades que somente o próprio autor poderia responder.

Foi com este objetivo e dando continuidade com o projeto “Ler te dá asas, escrever te faz voar”, que a Escola de Educação Básica Irmã Maria Felícitas, promoveu na noite de quinta-feira (05), na Câmara de Vereadores de Canoinhas, um especial encontro com os autores Pedro Penteado do Prado, Dra. Adair Dittrich e Dr. Vagner Trautwein.

Os alunos puderam saciar curiosidades e desvendar mistérios que envolvem o “ser escritor”.

Dr. Vagner Trautwein, Dra.Adair Dittrich e Pedro Penteado do Prado. Foto: Canoinhas Online
O encontro, organizado pela diretora Adalgiza Maziero e a Assessora Pedagógica, Tangrean de Fátima Vieira, buscou promover o conhecimento da história dos escritores presentes, quais os processos de escrita e criação pelos quais o livro passou além de outras particularidades da vida pessoal de cada um.
A conversa fluiu leve e divertida.

O autor Pedro Penteado do Prado apresentou seu livro “Pássaro Abatido”; Dra. Adair Dittrich falou sobre o livro “Rum na lama vermelha” e Dr. Vagner Trautwein sobre seu livro “Amor e Morte”.

Alunos, escritores, professores, pais e autoridades participaram do agradável encontro. Foto: Canoinhas Online
Promovendo a cultura

Esta não é a primeira vez que a escola Irmã Maria Felícitas proporciona aos alunos um encontro com a cultura, através de eventos com escritores canoinhenses.

Em 2016, a escola promoveu a 1ª edição do Sarau Literário -Café com Poesia, que contou com a presença dos membros da Academia de Letras, professores Ederson Mota, Pedro Penteado do Prado, Maria de Lourdes Brehmer, Adair Díttrich e Rosane Godoi.

Em julho de 2017, na 2ª edição, o evento contou com a presença da escritora Adair Díttrich, que apresentou o seu livro O Meu Lugar.

Em novembro do mesmo ano, a escola levou o escritor e diretor da EEB Almirante Barroso, Pedro Penteado do Prado para conversar com alunos sobre seu livro Mácula.

Proporcionar encontros entre alunos e escritores resulta em incríveis trocas de experiências e são provas de que a leitura pode salvar momentos, encher os olhos e os corações de todos de afeto e sonhos, inspirando estudantes, professores e  escritores a continuarem acreditando na educação, na potência e beleza das palavras e da literatura.