Sopão da Madrugada: distribuindo amor e solidariedade por Canoinhas

Compartilhe:
O projeto Sopão da Madrugada em Canoinhas, completou dois anos de atuação, no dia 28 de maio. Criado em 2016 por um jovem que passou pela experiência de viver nas ruas por dois meses, a ação social ganhou força e voluntários, que doam seu tempo para praticar amor e solidariedade.

O Canoinhas Online acompanhou o grupo na distribuição do tradicional sopão, na última quinta-feira (21), primeira noite do inverno.
Pudemos constatar que o alimento oferecido não é só para o corpo físico, mas também para a alma, alimento espiritual. Tem muito significado para quem o recebe, pois junto com o prato de comida vai uma conversa, uma atenção, um abraço.


O trabalho, em determinados casos, envolve ainda a arrecadação de roupas e o encaminhamento dos assistidos para recuperação. Pudemos comprovar um destes casos. Em meio a distribuição para moradores de rua, próximo a ponte do distrito do São Cristóvão, em Três Barras, um jovem procurou um dos membros do grupo pedindo ajuda para se livrar da drogas.

Relatou que quer 'sair dessa vida' e recuperar o amor da esposa e dos filhos, o qual perdeu em consequência da dependência química. Será providenciado um encaminhamento pontual para clínica de tratamento.


Casos assim são comuns, relata Alisson Michels, fundador do Sopão da Madrugada em Canoinhas. "A história da maioria dos moradores de rua começa da mesma forma. São histórias tristes, relatos de pessoas que perderam o emprego, a família e acabaram nas ruas, dependentes de álcool ou drogas". E logo a vulnerabilidade e a perda da dignidade.

E esse é um dos trabalhos do grupo: devolver um pouco da dignidade não só através da distribuição de alimentos e agasalhos, mas principalmente do amor e solidariedade. Mostrar que se preocupam com elas, mesmo vivendo e dormindo em calçadas e praças.


Mas não é somente nas ruas que o trabalho é feito. Alguma famílias também recebem a visita dos voluntários. E quanta alegria quando eles chegam!

Em aproximadamente quatro horas, visitamos famílias e moradores de rua em todos os cantos da cidade, totalizando aproximadamente 30 pessoas atendidas. Em todos os casos a chegada do grupo é festejada.

Voluntários

O trabalho é feito sem distinção de classe social ou religião. Todas as pessoas que quiserem trabalhar como voluntários na ação social são bem-vindas. Pode-se também doar alimentos, agasalhos e cobertores que serão distribuídos à pessoas carentes.


Você também pode ser voluntário e ajudar na preparação da sopa (nos meses frios) ou de outros alimentos, já que essa ação social é promovida durante todo o ano,  as quintas-feiras.
Além disso, o grupo realiza eventos fixos, como doações de brinquedos no Dia das Crianças e no Natal.

Caso queira colaborar, entre em contato pela página do Facebook do Sopão da Madrugada.

Aprendizado

A dignidade da pessoa humana, é um valor supremo. A população em situação de rua muitas vezes sofre práticas de agressividade e violência que denotam a indiferença que está vigente na sociedade brasileira. 


É visível a negligência da sociedade e do Estado em face da população em situação de rua, que além de viverem em uma posição precária ainda padecem de preconceito e agressão.

Mude isso, não dê as costas. Faça sua parte. Sua contribuição pode ser pequena, mas com certeza será gigante para quem a receber.

Parabéns a todos os voluntários do grupo Sopão da Madrugada em Canoinhas. Podem ter certeza que vocês estão fazendo a diferença!