PM de Canoinhas derruba mais um ponto de comércio de drogas

O serviço de inteligência do 3° Batalhão da Polícia Militar de Canoinhas estava acompanhando e monitorando, há cerca de 30 dias, uma residência na rua Adão Tiska no bairro Industrial I, onde havia a suspeita de ser um ponto de comércio de drogas.

Na sexta-feira (08), policiais viram dois adolescentes entrando no local e recebendo alguns objetos de um masculino. Ao saírem da residência, os jovens foram abordados e com um deles foi encontrada a quantidade de nove buchas de substância semelhante a maconha.

 Diante da caracterização de tráfico de drogas em flagrante delito e das informações do serviço de inteligência de que já possuíam material comprobatório dos fatos, como filmagens e testemunhas, foi adentrado na residência monitorada, onde foi encontrada quantidade de substância semelhante a cocaína, vários recipientes vazios que costumeiramente são usados para guardar cocaína, pequena quantidade de substância semelhante a cocaína envolvida em plástico e duas buchas de maconha. 

Na residência da mãe de um dos homens presos foram encontradas cinco buchas de substância entorpecente semelhante a maconha, cinco pedras de substância semelhante a crack e papel alumínio comumente usado para embalar drogas. 

Um dos presos tentou fugir, sendo detido cerca de duas quadras da residência. Ele ainda tentou adentrar na viatura descaracterizada do serviço de inteligência e furtar o celular pertencente a um dos policiais que monitorava a residência.
Ao ser contido o autor resistiu e desacatou os policiais proferindo palavras de baixo calão.


Na casa de um dos jovens apreendidos, (que foram flagrados comprando entorpecentes), situada na Rua Álvaro Soares Machado, foi cumprido mandado de busca e apreensão concedido pela Vara Criminal da Comarca de Canoinhas. 

Os pais dos dois adolescentes apreendidos se fizeram presentes na Delegacia de Polícia acompanharam os procedimentos. No aparelho celular de um dos adolescentes foi constatado diversas conversas que caracterizavam tráfico de drogas. 

Os dois masculinos presos e os adolescentes apreendidos, bem como todos os materiais, foram entregues na Delegacia de Polícia Civil para providências cabíveis.