Mais de 4 mil residências são danificadas pelo granizo no Paraná

Compartilhe:
A intensa chuva de granizo que atingiu o município de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná, por volta das 21h de sexta-feira (29), durou cerca de cinco minutos mas provocou muitos estragos.

Pelo menos 600 famílias procuraram o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil em busca de lonas devido a danos causados nos telhados. Houve chamadas de quase todas as regiões da cidade após a chuva.

O Simepar - Sistema Meteorológico do Paraná - informou que a nuvem que causou a tempestade acompanhada de queda de granizo possuía mais de 10 km de altura. Ainda de acordo com o órgão, as rajadas de vento alcançaram os 79.9 km/h.

Algumas pedras de granizo tinham tamanho um pouco menor que uma bola de golfe.
Durante a madrugada o prefeito decretou Situação de Emergência e determinou a utilização da estrutura da prefeitura, especialmente com caminhões e pessoal, para atendimento da população.
Uma pessoa se feriu ao sofrer uma queda enquanto realizava o conserto do telhado de sua casa.

Uma estimativa preliminar da Defesa Civil, feita na manhã deste sábado, aponta que aproximadamente 4 mil residências tiveram algum tipo de dano, principalmente no telhado.


O coordenador municipal da Defesa Civil, contou que algumas pedras de granizo tinham tamanho um pouco menor que uma bola de golfe.

Não houve registro de destelhamento total de casas, nem a necessidade de encaminhar moradores para abrigos.