Emprego: Canoinhas teve saldo positivo de 7 vagas de emprego no mês de maio

Compartilhe:
O desempenho de Canoinhas, no mês de maio, foi um dos piores deste ano na geração de novos postos de trabalho conforme aponta dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho na última quarta-feira (20).

Com saldo positivo de 7 (sete) postos de emprego, o município ficou atrás de Três Barras, Timbó Grande e Porto União, que fazem parte da microrregião de Canoinhas.

O número baixo assusta, mas no comparativo com outros municípios da região ( veja abaixo) e com todo o estado de Santa Catarina, percebe-se que o mês de maio não foi muito bom. Papanduva, por exemplo, fechou 142 vagas de emprego.
O saldo de postos de emprego é o resultado do cálculo de admissões - demissões.

No estado

Desde janeiro com saldos positivos, Santa Catarina teve um resultado negativo em maio com o fechamento de 4.484 postos de trabalho.

Ainda conforme o levantamento do Ministério do Trabalho, a cidade com melhor desempenho ao longo de maio deste ano foi São José, na Grande Florianópolis, com 374 postos de emprego criados. Já entre os piores resultados estão Balneário Camboriú (-534), Tubarão (-419) e Itajaí (-294).


Saldo de empregos na região de Canoinhas

Bela Vista do Toldo = 0
Canoinhas = 7
Irineópolis = -3
Itaiópolis = -2
Major Vieira = 3
Mafra = -104
Monte Castelo = -32
Papanduva = -142
Porto União = 22
Timbó Grande = 17
Santa Terezinha = 2
Três Barras = 19

Fontes: Ministério do Trabalho -  Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged)