Dono de hotel incendiado é encontrado com sinais de esfaqueamento em União da Vitória

Compartilhe:
Um incêndio que, segundo a polícia, pode ter sido criminoso, destruiu completamente o antigo Hotel Neumann, em União da Vitória/PR.
O fogo começou no fim da noite de terça-feira (12) e terminou na madrugada desta quarta-feira (13).

Caminhões do Corpo de Bombeiros de União da Vitória e Porto União, foram acionados para controlar as chamas. Por pouco, o fogo não se alastrou para um hospital que fica ao lado da edificação incendiada.


Após o combate às chamas e no trabalho de rescaldo, um corpo foi localizado bem próximo do portão da garagem.

O Instituto Médico Legal (IML) de União da Vitória identificou a vítima como Gilberto Germano Schumann Filho, de 53 anos, dono do estabelecimento. Conforme a Polícia Civil, o corpo da vítima tinha marcas de esfaqueamento.

Gilberto Germano Schumann Filho/Reprodução
O local, segundo a polícia, funcionava como uma pensão. Dois dos quatro hóspedes já prestaram depoimento.
Ainda durante a madrugada, uma equipe da Perícia, vinda de Curitiba/PR, esteve no local para colher dados e material que apontarão a causa real do incêndio. O laudo oficial deve ficar pronto em 30 dias.


Dificuldade para os Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar de Porto União/SC, que foi acionado para dar apoio à guarnição paranaense, diz que teve muito trabalho para controlar as chamas e evitar que o incêndio atingisse edificações vizinhas.

 Além de se preocupar com o incêndio as guarnições ainda tiveram que se preocupar com a segurança dos curiosos que insistem em permanecer em área de risco

O cidadão não tem a percepção dos risco que estão expostos e acabam tirando a atenção dos bombeiros que tem que ficar cuidando para que eles não sofram nenhum acidente ao invés de focar no atendimento da ocorrência.