Pesquisar neste site

Agência do INSS em Canoinhas segue sem perito pelo menos até outubro

A vereadora Norma Pereira (PSDB) comentou durante o expediente da sessão de segunda-feira (25), as respostas vindas do Instituto Nacional de Seguro Social – INSS, a respeito de indagações dos vereadores sobre falta de peritos médicos previdenciários em diversas agências.

Em uma das respostas feita pela diretora de Saúde do Trabalhador do INSS, Karina Braido Santurbano de Teive e Argolo, é informado que conforme dados de maio de 2018, das 1598 agências da Previdência Social do INSS, 682 não possuem Perito Médico Previdenciário lotado.

É informado ainda que o déficit de servidores dessa área, sem previsão de reposição por concurso público, tem impactado diretamente no atendimento ao cidadão, considerando que cerca de 70% dos benefícios/ serviços previdenciários dependem da avaliação da Perícia Médica.


A superintendente Regional Sul do INSS, Kathia Maria Moreira Braga respondeu também o requerimento do vereador Edmilson Verka (PR), que solicita a contratação de médico perito para Agência de Canoinhas.
A resposta diz que foi solicitado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão a realização de concurso público para provimento de vagas para o cargo de Perito Médico Previdenciário, estando ainda o pedido sob análise do Ministério e sem resposta.

Norma esclareceu que “as respostas que recebemos é algo alarmante. O problema do déficit de médicos acontece gradualmente, com pedidos de licença sem remuneração ou aposentadorias. O problema está em todo país, e em nossa região é ainda maior, pois temos uma médica perita lotada que não atende ainda os serviços externos, pelo que sabemos, até o mês de outubro”, destacando que enquanto não houver concurso público para diminuir essa defasagem de profissionais, o problema só tende a aumentar, lamenta Norma Pereira.