Situação atualizada dos rios em alerta para estiagem e previsão do tempo em Santa Catarina

Compartilhe:
Confira dados atualizados fornecidos pela Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas em Santa Catarina.

A última medição dos rios foi efetuada às 20h30 deste domingo (06) e alerta sobre a situação de estiagem em rios de algumas regiões do estado. 
Segundo a equipe de hidrologia, caso esse quadro continue, há risco para a agricultura, principalmente nas plantações que exigem mais água.


Veja os últimos dados da situação hidrológica

Rio Canoinhas - 129 cm - Alerta
Rio Negrinho - 16 cm
Rio dos Bugres (Rio Negrinho) - 65 cm
Barragem José Boiteux (José Boiteux) - 7 cm - Emergência
Barragem de Taió - 56 cm
Saltinho (Alfredo Wagner) - 10 cm
São João Batista - -8 cm Emergência
Forquilhinha - 13 cmPassos Maia - 34 cm
Foz do Rio Claudino (Concórdia) - 69 cm

PREVISÃO CLIMÁTICA TRIMESTRAL PARA SANTA CATARINA

Maio, Junho e Julho de 2018

Precipitação:

Em maio o padrão atmosférico, observado em abril, muda e a chuva volta a ocorrer com regularidade em SC, por vezes com acumulados significativos, deixando a média do mês próxima a acima da média histórica. 
No entanto, a partir de junho a previsão é diminuição de chuva novamente. Desta forma, o trimestre (maio, junho e julho) deve fechar com chuva próxima a abaixo da média climatológica.

Ressalta-se que eventos de chuva intensa, em curto espaço de tempo, podem ocorrer em qualquer época do ano. 

Climatologia (o que se espera para época do ano):

No mês de maio, os valores esperados de chuva variam de 110 a 200 mmem média do Oeste ao Planalto e 70 a 130 mm nas demais regiões.

Nos meses de junho e julho, a média climatológica é de 110 a 170 mm no Oeste e Meio Oeste, e de 70 a 130 mm do Planalto ao Litoral, sendo o mês de julho menos chuvoso em relação a junho.

Temperatura:

No decorrer do mês de maio, as massas de ar frio devem chegar ao Sul do Brasil, provocando frio mais abrangente, por vezes com formação de geada ampla em Santa Catarina. 
Especialmente nos meses de junho e julho episódios de neve podem ocorrer, sobretudo no Planalto Sul.

Fonte: Dados oficiais e atualizados fornecidos pela Epagri/Ciram