Senado aprova a eliminação de PIS-Cofins sobre o óleo diesel até o fim deste ano

Compartilhe:
O Senado aprovou, na noite de terça-feira (29), o projeto de lei (PL) que concede isenção na cobrança do PIS/Cofins sobre o óleo diesel até o fim do ano. Essa era uma das principais reivindicações dos caminhoneiros, que entraram no décimo dia de greve nesta quarta (30).

Esse ponto foi incluído num texto que prevê a reoneração da folha de pagamento de 28 setores da economia. O texto segue para a sanção da Presidência da República.

Embora os senadores tenham aprovado a eliminação do PIS-Cofins, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (MDB-RR), já informou Temer deverá vetar esse trecho, sancionando apenas a parte referente à reoneração.


Em substituição, Jucá disse que o governo editará um decreto para garantir o acordo de redução de R$ 0,46 no litro do diesel.

"O governo vai procurar outros caminhos, mas vai honrar o compromisso que fez com os caminhoneiros", disse Jucá.
"O governo vai vetar, mas vamos honrar o compromisso tirando recursos de outras ações para cumprir o acordo feito", acrescentou.