Prefeito decreta ponto facultativo nas repartições públicas a partir desta quarta,30

Compartilhe:
Beto Passos decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais a partir desta quarta,30. Aulas estão suspensas, inclusive nos Centros de Educação Infantil (CEIs).

Na terça-feira (29), o prefeito também assinou decreto de situação de emergência no Município de Canoinhas devido ao desabastecimento de combustível e outros bens de consumo provocado pela paralisação dos caminhoneiros.

Não haverá ponto facultativo nos serviços essenciais como Unidade de Pronto Atendimento Municipal (UPA), Casa de Passagem “Nova Canaã”, Abrigo Institucional “Santa Clara”, Lar do Idoso “Stellita Pacheco” e Conselho Tutelar.



Tomamos esta medida porque estamos com problemas em todos os setores. Há dificuldades dos servidores no deslocamento em todos os segmentos. A falta de combustível tem gerado transtornos nos transportes públicos e particulares, desabastecimento de produtos alimentícios nos supermercados, falta de gás e de insumos hospitalares e para a saúde.
Por isso estamos autorizando a adoção de medidas para assegurar a prestação ao menos dos serviços essenciais”, explica o prefeito Beto Passos.

As decisões passaram por reunião do Grupo de Resposta e Ações Coordenadas (GRAC) municipal realizada na tarde desta terça-feira, 29. 

 “Esta crise fugiu ao controle dos municípios e por isso solicitamos que as pessoas tenham compreensão na busca por soluções aos seus problemas. O que está ao nosso alcance está sendo realizado, mas estamos receosos. Estamos preocupados porque os reflexos destas paralisações serão sentidos ainda por muito tempo. Quanto mais tempo demorar para voltar ao normal, piores serão os impactos na vida de cada cidadão”, comenta o prefeito.

Apesar do ponto facultativo, nova reunião do Grac poderá ser acionada nos próximos dias para tomar novas providências.