Major Vieira decreta situação de calamidade pública em virtude da escassez de combustíveis

Compartilhe:
O prefeito de Major Vieira, Orildo Severgnini, considerando que:

- existe uma Greve Nacional Contra o Aumento dos Valores de Combustíveis que vem afetando o abastecimento de todo país;

-Que o município de Major Vieira encontra-se a duzentos e três quilômetros (203 km) de distância das principais referências em matéria de saúde pública;

-Que pela distância significativa deste município até maiores centros corre-se o risco das ambulâncias e demais veículos não conseguirem voltar à sede do município, a depender da realidade das cidades de destino;

-Que o Transporte Escolar de alunos de rede ensino, são realizadas pelo poder público;

-Que os órgãos de Segurança Pública e da Defesa Civil, ainda que não abarcados pela administração municipal, não podem correr o risco de serem desguarnecidos do abastecimento, visto a imprescindibilidade dos mesmos;

Que as reservas de combustíveis devem se voltar para os serviços estritamente essenciais e urgentes que a natureza do evento exige, dentro das limitações impostas pelo fechamento do escoamento da produção em nível nacional; decretou situação de calamidade pública no município de veículos automotores no município de Major Vieira.

O abastecimento para transportes essenciais continuaram ocorrendo de forma regular, enquanto tiver armazenamento de diesel próprio do Poder Executivo.

Os estabelecimentos de ensino ficam com suas aulas suspensas até segunda ordem, em virtude das dificuldades no transporte de alunos e professores e na distribuição de merenda e materiais de limpeza.

O decreto prioriza o atendimento da Secretaria Municipal de Saúde do município.


As Secretarias Municipais de Assistência Social e Educação, também emitiram comunicados obedecendo ao decreto.

A secretaria de Assistência Social comunicou o cancelamento do evento "Programa Mulher sem Violência", bem como a vinda do ônibus lil´s ao município.

“A Secretaria Municipal de Educação Cultura e Desporto de Major Vieira, atendendo a decisão do Prefeito Municipal Sr. Orildo Antonio Severgnini, comunica que em função da Greve dos Caminhoneiros que acontece no momento, (luta justa destes trabalhadores brasileiros), mas que nos atinge com a falta de combustível para os ônibus escolares e falta do abastecimento de alimentos para a merenda escolar.

Sendo assim, está suspenso a partir de amanhã dia 24 de maio, o transporte escolar das Escolas Frei André Malinski, Drausio Celestino Cunha, Escola Municipal Tia Chiquinha, Escola de Educação Básica Luiz Davet e o transporte para Canoinhas, até segunda ordem.

Informamos também, que por consequência, as aulas na rede municipal, estão suspensas. (Exceto Creche Estephânia Sjabelski).

Na Escola de Educação Básica Luiz Davet, haverá aula normal”.